Ad blocker do Google Chrome vai funcionar no mundo todo a partir de julho

1 min de leitura
Imagem de: Ad blocker do Google Chrome vai funcionar no mundo todo a partir de julho
Avatar do autor

Em busca de proteger os usuários de anúncios publicitários abusivos, que estragam a experiência de navegação, a Google começou no ano passado a usar o Chrome para bloquear propagandas que violassem os padrões definidos pela Coalition for Better Ads, que determinam estilos que devem ser seguidos por esses anúncios para não serem muito intrusivos.

A Google já analisou milhões de sites no mundo todo desde que o ad blocker do Chrome passou a funcionar nos Estados Unidos e na Europa, e tudo vem dando bastante certo

Esse recurso, no entanto, funcionava apenas em sites norte-americanos e europeus até então, mas agora a Google revelou que a ferramenta vai passar a servir o mundo todo a partir do próximo mês de julho. Assim, o navegador vai passar a bloquear automaticamente anúncios em forma de pop-up, aqueles que apresentam uma contagem regressiva antes de abrir o site que você quer acessar, páginas com vídeos que começam a passar sozinhos entre muitos outros.

Tá tudo bloqueado!

Quando anúncios “proibidos” são identificados em um site, quem os publicou pode ser alertado por meio do Ad Experience Report no console da ferramenta de pesquisa da Google. Se os sites não tomarem alguma providência quanto sua publicidade, o Google Chrome vai filtrar os anúncios das páginas e bloqueá-los.

A Google já analisou milhões de sites no mundo todo desde que o ad blocker do Chrome passou a funcionar nos Estados Unidos e na Europa, e tudo vem dando bastante certo. A empresa já disponibilizou os padrões que as empresas criadoras de anúncio devem seguir para evitar que sejam bloqueadas pelo Chrome para os usuários. Tudo começa a rolar no mundo inteiro no dia 9 de julho.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Ad blocker do Google Chrome vai funcionar no mundo todo a partir de julho