Imagem de: Windows 10 se torna o sistema de desktop mais popular do mundo

Windows 10 se torna o sistema de desktop mais popular do mundo

1 min de leitura
Avatar do autor

O Windows 10 terminou o ano de 2018 com uma marca significativa: ele se tornou o sistema operacional mais usado em desktops em todo o mundo. Segundo o Net Applications, o Windows 10 está em 39,22% dos computadores do mundo, enquanto o seu antecessor Windows 7 está em 36,9%.

Esse feito levou quase 3 anos e meio para ser completado, pois o Windows 10 foi lançado em julho de 2015. A “resistência” do Windows 7 dá um indício claro da sua robustez e popularidade, especialmente com as mudanças drásticas pelas quais passou o sistema da Microsoft desde então.

Atualmente, o Windows 10 está presente em mais de 700 milhões de dispositivos (incluindo aí telefones e Xbox One), número bem inferior à meta inicial fixada pela Microsoft de alcançar 1 bilhão de aparelhos em apenas três anos. Essa meta foi revista e a data limite para o seu cumprimento foi postergada para o final de 2019.

Além de ser positivo porque mostra uma adoção cada vez maior da versão mais recente do Windows, esse feito também traz alívio para a Microsoft porque o suporte oficial para o Windows 7 acaba em 14 de janeiro de 2020.

A última atualização, porém...

Se as coisas vão boas na migração geral para o Windows 10, não se pode dizer o mesmo no que toca a adoção da mais recente atualização do sistema. A Atualização de Outubro de 2018 para o Windows 10 não caiu nas graças da galera e foi aplicava em apenas 6,6% de todas as máquinas rodando o sistema, segundo a empresa AdDuplex.

Essa avaliação é feita por meio da análise de estruturas de PCs que rodam os anúncios da AdDuplex por meio da Microsoft Store. Apesar de baixo, o número mais que dobrou desde novembro de 2018, quando a mesma companhia identificou apenas 2,8% das máquinas com Windows 10.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Windows 10 se torna o sistema de desktop mais popular do mundo