A Google I/O 2018 trouxe uma grande novidade relacionada ao inteligência artificial para fins de interação com seres humanos, o Google Duplex. Para quem não se lembra, esse recurso permite, por exemplo, que o assistente virtual da Google ligue para restaurantes ou médicos a fim de reservar mesa ou marcar consulta.

No último final de semana, a gigante chinesa Alibaba fez uma demonstração pública de uma rival de peso para a tecnologia da Google. Trata-se da AliMe, uma assistente de voz com reconhecimento vocal e processamento de linguagem natural capaz de travar conversas lógicas mesmo quando interrompido pelo interlocutor.

Durante a exibição, a empresa revelou que a plataforma já vem sendo usada na sua divisão de logística, em Cainiao, a fim de orientar clientes sobre um ponto único e específico: a entrega de suas encomendas. A demonstração da tecnologia feita no evento usou, obviamente, uma versão otimizada, mas deixou claro o ótimo potencial da tecnologia.

A conversa exibida foi a seguinte, como relata o site MIT Technology Review:

Assistente de voz: Olá, sou o assistente de voz de Cainiao. Sou...
Cliente: Olá
A: Sim, olá, você tem um pacote programado para entrega amanhã de manhã na Culture West Road, 588. Esse é um horário adequado para o recebimento?
C: Quem fala?
A: Sou o assistente de voz de Cainiao. Gostaria de confirmar a sua entrega para a manhã na Culture West Road, 588. Tudo bem para você?
C: Não estou em casa pela manhã.
A: Então você tem outro endereço que gostaria de usar?

Ingredientes conversacionais

A publicação destaca que, nesse pequeno trecho de conversa, o AliMe experimentou três "ingredientes conversacionais" indispensáveis para esse tipo de tecnologia avançada: interrupção, conversação não linear e intenção implícita.

A interrupção acontece quando o assistente é capaz responder à pergunta do cliente quando é interrompido. A conversação não linear se dá quando ele é interrompido com a pergunta “quem fala?”, responde a essa pergunta e retoma o raciocínio. Já a intenção implícita é a compreensão da expressão “não estou em casa pela manhã” como uma negativa à pergunta anterior sem que haja qualquer sentença explícita dizendo isso.

Esse conjunto de ações exibidas sugerem que a AliMe está em um patamar superior ao Duplex, ao menos nesse momento e nessa demonstração feita pela Alibaba. Uma de suas vantagens estaria no seu sistema de treinamento falando com clientes da empresa que recebem as ligações para agendar entregas — a gigante chinesa realiza atualmente 100 milhões de entregas por dia.

Empresa demonstrou a sua ferramenta em uma feira durante o último final de semana