Twitch não pode mais ser acessado na China. O aplicativo do site de streaming de games foi removido da Apple Store de forma misteriosa pouco depois de ter recebido uma enorme quantidade de acessos em agosto, quando aconteceram os Jogos Asiáticos. Sem muitas explicações, o bloqueio foi confirmado pelo próprio Twitch ao site The Verge.

No período, ele chegou ao terceiro lugar entre os apps gratuitos mais baixados no país, e a popularidade tem dois motivos. O primeiro é que a TV estatal CCTV não fez a transmissão do evento, que incluiu a competição de games, como: Crash Royale, StarCraft II, League of Legends e Arena of Valor. O segundo é que os times de eSports chineses estavam com alto desempenho nas competições, tanto que levaram duas medalhas de ouro nesses dois últimos jogos.

A alternativa, então, foi partir para o Twitch. E, no ápice dos acessos de agosto, os usuários chineses tiveram que lidar com delays durante as transmissões, pois os servidores da plataforma são baseados no exterior. O bloqueio também não aconteceu de modo uniforme em todo o território chinês, pois diversos usuários relataram no Weibo  uma espécie de Twitter da China  que em algumas províncias ainda era possível visualizar os jogos, enquanto em outras a remoção do app já havia acontecido.

De propriedade da Amazon, o site é um dos que mais crescem no mundo, tanto que sua contagem mensal de streamers ativos dobrou em 2017, se comparada aos números de 2016. Especulações na web sugerem que o governo esteja envolvido no sumiço, já que geralmente proíbe plataformas ocidentais com alta popularidade, como é o caso de Facebook, Twitter e, mais recentemente, Reddit.

O Google está fora do país há 8 anos, mas já existem rumores de que possa estar desenvolvendo uma versão censurada do site de buscas para o território chinês. Com essas notícias, muitos gamers por lá temem pelo Steam, um dos poucos sites de jogos ocidentais que ainda podem ser acessados, mesmo que parcialmente, na China.