Quem usa com frequência o YouTube na versão mobile sabe que a seção de comentários precisa melhorar, principalmente quando se fala sobre as funções de marcação e autopreenchimento. A Google finalmente parece estar atendendo as preces dos usuários e vem testando correções para ambas as coisas.

Quando o autopreenchimento apareceu no app da plataforma, em 2016, parecia ser um recurso um tanto quanto útil — afinal, quanto menos tivermos que usar o teclado virtual de um dispositivo móvel, melhor, certo? Bem, na teoria parecia algo muito bom, mas ao longo do tempo se mostrou como incômodo.

Ao invés de funcionar como uma resposta direta ao remetente, o nome apenas passou a ser repetido no comentário — e para isso não acontecer, é preciso apagar o que foi autopreenchido. Agora, isso funciona de maneira mais esperta, como deveria ser desde o início e da forma como é vista no Google+ ou no Twitter. Ao iniciar a referência, você pode apagar o bloco todo de uma vez, ao invés das letras, uma a uma, e depois da publicação o link serve como caminho para o canal da pessoa mencionada.

youtube

Ainda assim, a ferramenta precisa de ajustes. Por enquanto, não dá para fazer isso fora de uma resposta nos comentários e muito menos com múltiplos usuários. Além disso, enquanto a seção de comentários se conecta ao canal da pessoa marcada, a notificação que eles recebem mostra apenas a mensagem com o nome anexado ao início. A interface renuncia o link e adiciona um sinal "+" à frente do nome — um “restolho” de um experimento mal-sucedido com o Google+.

O YouTube provavelmente começou esses experimentos há um mês e a nova marcação vem aparecendo para um número limitado de usuários há uma semana, na versão 13.27.54 do app para Android. Ainda não dá para saber se e quando isso será liberado para todos.