Basta dar uma olhadinha em quaisquer redes sociais e perceber que geral gosta mesmo é de assistir e postar mais vídeos ultimamente. Essa tendência já vem se espalhando ao longo dos últimos anos e deve se manter firme e forte nas próximas temporadas, ainda mais com a chegadas de dispositivos móveis com câmeras mais poderosas. A Adobe, que não é boba nem nada e já tem expertise nesse setor há algum tempo, tratou logo de trabalhar em um produto que possa facilitar a edição de conteúdo audiovisual em várias plataformas.

É possível fazer o uso contínuo em diversos dispositivos, ou seja, começar o trabalho em um smartphone, seguir em um tablet e terminar no desktop

A companhia revelou hoje (19) o Project Rush, um app de vídeo all-in-one que pode ser utilizado em PCs de mesa, smartphones e tablets. O alvo são os usuários casuais que não têm domínio sobre programas como o Premiere Pro mas querem que seu material não sejam assim tão amadores na hora de compartilhá-los.

Uma das ações que deve fazer sucesso é a possibilidade de capturar o momento diretamente via câmera integrada do Rush, com opções de cor áudio, gráficos, movimentos e filtros mais intuitivos e fáceis de manusear. Além disso, o próprio programa conta com distribuição direta para os canais sociais favoritos dos autores.

O Rush conta também com o uso contínuo em diversos aparelhos com suporte da nuvem Adobe Creative Cloud, ou seja, você pode começar no telefone, continuar no desktop e depois terminar o serviço em um tablet.

project rush adobe

E maior destaque fica por conta do suporte da suíte Adobe: a correção de cores é feita pelo Premiere Pro, o Audition detecta automaticamente os sons para oferecer maneiras fáceis de melhorar a qualidade e reduzir o ruído de fundo e o Stock oferece acesso a um fluxo constante de novos modelos gratuitos do Motion Graphics.

A fase beta da novidade já está disponível para MaciOSWindows e em breve deve estar liberada também para Android. Para participar, é preciso preencher o cadastro neste link.