Toda alma adolescente que se preze um dia quis se tornar uma estrela do rock e montar sua própria banda. O problema é que, mesmo depois de conseguir juntar todos os instrumentos e um local para incomodar, sempre faltam integrantes para montar a tradicional formação de bateria-baixo-guitarra-vocal. Bem, se depender do que o pessoal da Intel mostrou na Computex 2018, em Taipei, pelo menos os colegas de banda não serão mais problema em um futuro breve.

Dois avatares tentaram acompanhar o executivo da Intel e um músico profissional em tempo real

Após a apresentação de novas máquinas turbinadas pelo poder dos processadores Intel, o vice-presidente sênior Gregory Bryant sentou-se em um pequeno palco, munido apenas de baquetas, enquanto o músico Kevin Doucette ficou do outro lado, com um teclado em sua frente. Ao fundo, duas figuras humanas energizadas por luzes, a “guitarrista” Ella e o “baixista” Miles.

Em seguida, Bryant começou a tocar bateria “no ar”, enquanto sensores registraram seus movimentos e reproduziram os sons do bumbo, da caixa e dos pratos. A partir daí, Doucette foi acompanhando e os avatares também entraram na brincadeira, a partir das respostas que a inteligência artificial ofereceu enquanto “ouvia” a canção improvisada.

Veja abaixo:

Bem, como dá para notar, falta bastante para que os computadores consigam seguir um artista de verdade em tempo real — ainda mais se houver muita coisa inventada na hora. Sem contar que, claro, nenhuma máquina por enquanto pode reproduzir a atitude rock’n’roll de um bom frontman. Mas, dada à velocidade que a tecnologia evolui, não se assuste se em um futuro próximo os “músicos de apoio” se tornarem seus próximos “colegas de banda virtuais” — até porque, pelo menos com relação à fidelidade sonora, os instrumentos ficaram bem parecidos.

Nada mais foi dito a respeito e nem se há um projeto específico a ser lançado em breve. Só que, como a Intel vem flertando com música e IA já faz um tempinho, pode ser que hajam em breve novidades, inclusive na área do entretenimento — imagine algo como um Rock Band nessa linha.