Correção para grande atualização do Windows 10 acaba gerando mais problemas

2 min de leitura
Imagem de: Correção para grande atualização do Windows 10 acaba gerando mais problemas
Avatar do autor

De acordo com uma publicação recente nos fóruns de suporte do Windows, uma série de computadores que receberam o pacote KB4103721 — que deveria consertar problemas causados pela grande atualização do Windows 10 que chegou no fim de abril deste ano — não conseguem mais iniciar o Windows 10.

Atualização que deveria corrigir alguns problemas acabou provocando outros ainda mais sérios

Ao que parece, a atualização que deveria corrigir alguns problemas acabou provocando outros ainda mais sérios. De acordo com o usuário que reportou a falha inicialmente, alguns arquivos do sistema foram corrompidos nessa nova atualização, o que acarretou no comprometimento da sequência de inicialização do SO.

Até o momento, a Microsoft ainda não reconheceu o problema, tampouco disponibilizou uma solução oficial para a falha. Ainda assim, os próprios usuários encontraram duas formas de reverter a situação. Uma delas é simplesmente reinstalar o Windows 10 a partir de sua versão mais recente ou entrar no modo de segurança do sistema a partir de um pendrive bootável do Windows.

Corrigindo na unha

Para tal, você precisa baixar a versão 1803 do Windows 10 em suas edições 64-bit ou 32-bit e criar um pendrive inicializável com uma ferramenta disponibilizada pela própria Microsoft.

Com esse pendrive pronto, você precisa levá-lo ao PC problemático e fazer a inicialização a partir dele. Para tal, dependendo da marca da sua placa-mãe, será necessário apertar as teclas “Del”, F8 ou F12 para configurar a sequência de inicialização da BIOS. Coloque o pendrive como primeiro elemento de boot.

Com isso, uma nova instalação do Windows deve começar, mas você vai escolher a opção de reparar o computador após passar pela tela inicial da instalação, que pede para selecionar idioma e região. Na nova janela, escolha o menu de resolução de problemas, depois “Opções avançadas” e, por fim “Prompt de comando”.

É a partir daí que você deve iniciar o Windows em modo de segurança. Para isso, digite a seguinte linha de comando e toque em Enter:

bcdedit /set {default} safeboot minimal

Depois disso, você precisa tocar em "Continuar" e esperar o sistema reiniciar em modo de segurança.

Agora, é necessário abrir o Prompt novamente e digitar os seguintes comandos para corrigir os arquivos corrompidos.

Tentativa 1:

sfc /scannow

chkdsk /f /r

Tentativa 2:

chkdsk /r

Tentativa 3:

chkdsk

Depois de fazer isso, você precisa desativar o modo de segurança. Na barra de busca do SO, digite “System Configuration”, acesse a guia “Boot “ou “Inicialização” e desmarque o “Safe boot” ou “Inicialização segura”. Depois de aplicar as modificações, você deve reiniciar o Windows sem o pendrive conectado. Pode ser necessário também reverter as mudanças na BIOS para que o primeiro elemento de inicialização seja seu HD ou SSD.

É possível conferir esse tutorial em mais detalhes no vídeo abaixo. O conteúdo é em inglês, mas você pode ativar a geração automática de legendas do YouTube e as colocar em português.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Correção para grande atualização do Windows 10 acaba gerando mais problemas