O evento para desenvolvedores Google I/O 2018 trouxe uma série de novidades e uma das que mais chamaram a atenção foi a inteligência artificial (IA) com aprendizagem de máquina, chamada Google Duplex. Saca só: a assistente digital ligou para um salão e agendou com uma pessoa, de forma muito natural, um corte de cabelo — com direito ao jeitinho espontâneo de responder às questões, até com um “u-hum”. Que bruxaria é essa? Veja, a partir de 1m12s:

A novidade é tão empolgante que muita gente mundo vem cravando que ela conseguiu superar o Teste de Turing, a avaliação criada por Alan Turing, o conhecido pai da computação. O exame, desenvolvido nos anos 50, consiste em observar a capacidade de uma máquina em exibir um comportamento equivalente ao de um ser humano.

Tudo bem que ainda não há uma comprovação científica para isso, contudo, é bem provável que a IA da companhia de Mountain View tenha mesmo superado a marca histórica. A empresa por enquanto nem vem se gabando por isso e apenas descreve o sistema como “uma nova tecnologia para conduzir naturalmente os diálogos para realizar tarefas do mundo real via telefone”.

A coisa toda fica mais interessante pelo fato da Google dizer que está ajustando o projeto, de forma que pareça ainda mais orgânico. A previsão é de que chegue nas próximas semanas para todos os aparelhos que possuam o Google Assistente. E você, também confundiu o computador com uma alguém “de verdade”? Acha que está próximo do real? Comente ali!

Cupons de desconto TecMundo: