A Mozilla é uma organização sem fins lucrativos que não abandona a inovação. Prova disso é o novo projeto da instituição, uma versão em realidade aumentada e em realidade virtual do seu principal produto, o navegador Firefox. Anunciada nesta terça-feira (3), a versão chega para atender a uma demanda que, na visão da Mozilla, será cada vez mais crescente nos próximos anos.

“Hoje, nós usamos a internet majoritariamente por meio de nossos telefones, tablets e computadores. Mas como o mundo vai acessar a web em cinco ou dez anos, e como a própria web vai crescer e mudar?”, questiona Sean White, vice-presidente de estratégia em tecnologia da Mozilla.

A pergunta só poderá ser respondida pelo tempo, mas a Mozilla tenta se antecipar e prevê que a tendência das realidades aumentada e virtual não deve passar tão cedo. O produto, conforme revela a organização em um comunicado, funcionará em dispositivos independentes de realidade aumentada ou virtual, oferecendo todos os benefícios já conhecidos do navegador e do mobile em um novo universo.

A organização lançou uma prévia do Firefox Reality rodando em um HTC Vive Focus:

O projeto é chamado oficialmente de Firefox Reality e é o primeiro do mundo a oferecer um navegador multiplataforma para dispositivos de realidade aumentada ou virtual (e mista). Assim como o Firefox convencional, o novo navegador também tem seu código aberto à comunidade, o que deve facilitar a sua adoção pela indústria.

Sobre a privacidade, a Mozilla afirma não ter “todas as respostas para o que a privacidade deve ser nesse novo meio”, mas garante estar comprometida em descobrir como manter os seus dados intactos também no universo das realidades mistas. Enfim, se a realidade aumentada, a realidade mista e a realidade virtual serão, de fato, elementos corriqueiros no futuro, ainda não é possível saber. Fato é que a criadora do Firefox já está trabalhando em soluções para isso.

Cupons de desconto TecMundo: