Um serviço lançado nos EUA chamado DoNotPay  está inaugurando uma nova funcionalidade em sua plataforma. Agora, a aplicação online é capaz de negociar preços de passagens aéreas com as empresas até o último minuto, garantindo que o cliente pague o menor preço pela viagem que ele deseja fazer.

Ele faz uma nova reserva em seu nome e pede o reembolso automaticamente para a empresa aérea

A ferramenta basicamente monitora o cartão de crédito do consumidor bem como suas compras em empresas áreas. Quando uma reserva é feita com o cartão cadastrado, a ferramenta começa a verificar a cada cinco segundos o preço de uma nova passagem para o mesmo trecho no mesmo horário. Se, até o momento do seu embarque, o DoNotPay encontrar alguma passagem mais barata, ele faz uma nova reserva em seu nome e pede o reembolso automaticamente para a empresa aérea.

Dessa forma, os usuários do app não precisam mais ficar esperando os preços caírem para comprar passagens aéreas. Eles podem simplesmente comprar o bilhete quando tiverem vontade e aguardarem o DoNotPay encontrar um preço mais acessível até a data do embarque.

O criador

Joshua Browder, criador da ferramenta, contou ao The Verge que teve a ideia de incluir o serviço de monitoramento de passagens áreas no DoNotPay — que já funcionava como uma ferramenta para resolver problemas com multas de trânsito — quando precisou ir à Califórnia durante a temporada de queimadas em 2017.

“Irritava-me que, em todos os voos, eu poderia estar pagando algumas vezes o dobro ou o triplo do que a pessoa ao meu lado pagou para o mesmo tipo de assento”, comentou. Em um teste fechado com amigos, ele informou que a média de economia anual por usuário seria de US$ 450 somente em passagens aéreas renegociadas.

Infelizmente, o app só funciona em voos originados nos EUA, sejam eles nacionais ou internacionais. Isso porque o app só busca reembolsos e remarcações de acordo com as regras norte-americanas de aviação. A ferramenta também não cobra nenhum centavo para fazer esse serviço.

Cupons de desconto TecMundo: