Google Assistente ganhou uma nova funcionalidade: agora, dispositivos de terceiros que tem compatibilidade com a Assistente poderão criar comandos personalizados para executar tarefas específicas. As empresas que desejam usar a Assistente em seus produtos não precisarão mais ficar limitadas pelos comandos universais.

As sugestões da Google são bons exemplos do tipo de coisa que poderemos ver nos próximos anos: a empresa cita a possibilidade de colocar a Assistente em uma máquina de lavar, por exemplo, e criar comandos para ciclos de lavagem diferentes. Isso não foi citado no anúncio, mas é provável que fabricantes de smartphones também possam personalizar ainda mais a experiência dos usuários a partir dos comandos disponibilizados.

As empresas que desejam usar a Assistente em seus produtos não precisarão mais ficar limitadas pelos comandos universais.

Essa novidade parece pensada especialmente para quem tem muitos produtos conectados à internet em casa. Antes da mudança, era preciso pedir para a Assistente enviar uma solicitação para o aparelho, como em: “Ok, Google. Peça para o Harmony ligar a TV.” ou “Ok, Google. Peça para o Roomba limpar a casa.” Com as tarefas podendo ser feitas diretamente ao item que vai executá-la, a tendência é que as falas e conversas fiquem mais naturais.

O suporte a assinaturas também foi adicionado. No lugar de perguntar como está o tempo todos os dias, você pode mandar a Assistente enviar uma notificação com o clima sempre no mesmo horário ou pedir para que ela lhe avise quando o preço de alguma ação mudar.

Cupons de desconto TecMundo: