Microsoft está cada vez mais integrando suas plataformas e promovendo as versões mais recentes dos seus programas mais importantes. O melhor exemplo disso provavelmente é o popup promocional do Microsoft Edge quando você abre o Google Chrome em um computador com Windows. Com isso, a empresa pouco a pouco vai substituindo e descartando as versões anteriores dos softwares mais utilizados pelo público. E parece que está chegando ao fim o tão conhecido Windows Media Player.

Enquanto o Microsoft Edge é o sucessor direto do Internet Explorer quando o assunto é navegar pela web, o aplicativo Filmes & TV (Movies & TV, em inglês) deve substituir o Windows Media Player na reprodução de áudio e vídeo. O usuário Noam_ha, do Reddit, mostrou que a Microsoft está estimulando diretamente os usuários a migrarem de plataforma, por meio de um popup do Windows 10.

1

Se você usa a versão mais recente do Windows 10, pode já ter visto algo semelhante no seu computador. A Microsoft, dessa forma, estimula a escolha do software Filmes & TV, que oferece benefícios como:

  • Melhor compatibilidade com diferentes arquivos de vídeo (como .MKV, .MPEG, vídeos em Ultra HD/4K);
  • Melhor uso da bateria de notebooks;
  • Possibilidade de executar vídeos em uma pequena visualização (para a pessoa fazer outras coisas enquanto assiste); e
  • Possibilidade de executar vídeos em 360 graus no PC ou em dispositivos com Windows Mixed Reality (Realidade Virtual).

Ainda existem muitas pessoas que criticam a interface, alguns problemas técnicos e a falta de certos recursos no software Filmes & TV, portanto há bastante gente que prefere o WMP. Por exemplo: no Filmes & TV, não é possível controlar a velocidade de execução — Play Speed — ou colocar vídeos em fila.

E você, prefere utilizar o Filmes & TV para reproduzir arquivos de mídia audiovisual ou ainda usa o "bom e velho" Windows Media Player?