Você tem entre 14 e 17 anos e se interessa por programação mas precisa de uma forcinha para estudar? Eis aqui sua chance: o governo estadual de São Paulo vai oferecer 1 mil bolsas para alunos da rede pública paulista, com direcionamento para a criação de apps para tablets e smartphones. A oferta faz parte de uma parceria com a escola MadCode.

Para participar, é preciso visitar o site da empresa e estar registrado em instituições de região central — Centro, Centro-Sul e Centro-Oeste — da capital, já que isso facilita o trânsito dos inscritos ao curso, que tem como objetivo “promover o desenvolvimento e aprofundamento do pensamento computacional na criação de aplicativos para equipamentos móveis”.

A carga horária é de 35 horas, com periodicidade de três vezes por semana, das 14h às 17h, em datas de março a dezembro. A grade conta com os seguintes tópicos:

  • Introdução à ferramenta de programação
  • O que é programação
  • Movimentação absoluta e relativa
  • Tipos de dados
  • Estruturas condicionais
  • Operadores lógicos
  • Laços de repetição
  • Recursão
  • Strings
  • Listas
  • Busca
  • Projeto
  • Introdução ao Desenvolvimento de Aplicativos para Dispositivos Móveis
  • Linguagem de Programação Visual
  • Janela Designer
  • Components Basic, Media, Animation, Social, Screen Arrangement
  • Janela Blocks Editor & Lógica de Programação
  • Definition Blocks: Constantes, Variáveis, Funções e Parâmetros
  • Text Blocks: Operações com Strings
  • Math, Logic Blocks: Operações Matemáticas e Lógicas
  • Control Blocks: Estruturas de Decisão/Repetição
  • List Blocks: Operações com Listas
  • Design e UX
  • BrainStorming e Prototipação
  • Desenvolvimento de Projeto
  • Emulação & Testes
  • Publicando seu App

São 40 vagas por turma e, caso você seja selecionado, é preciso ir até a MadCode (Estação Hack — Avenida Paulista, 1374 - Bela Vista) com os documentos pessoais. Menores de idade devem estar acompanhados por um responsável legal.