A Google revelou hoje (24) através de um enigma na web as datas para a Google I/O 2018, a feira para desenvolvedores onde normalmente a empresa apresenta as novas versões do Android em suas formas preliminares. O evento vai acontecer entre 08 e 10 de maio deste ano, no Shoreline Amphitheatre, na cidade de Mountain View, nos EUA. Esse foi o palco da Google I/O 2016, o qual fica muito próximo do Googleplex.

Mas o que realmente chama atenção nisso tudo é que falta somente pouco mais de três meses para o evento, e consequentemente, para o anúncio das novidades do Android P. Contudo, de acordo com dados da própria Google, o atual Android Oreo — juntando o 8.0 e o 8.1 — representa apenas 0,7% de todos os aparelhos ativos no mundo com o sistema do Robô. Isso mesmo! Estamos falando de menos de 1% dos dispositivos em funcionamento por aí em mais de seis meses.

google

Primeira versão estável e comercial do Android Oreo foi lançada pela Google no fim de agosto de 2017

A primeira versão estável e comercial do Android Oreo foi lançada pela Google no fim de agosto de 2017 e trouxe uma série de pequenas novidades para o usuário, especialmente no que toca o gerenciamento de notificações. Por baixo do capô, contudo, o sistema é consideravelmente mais complexo que o Nougat. O Oreo implementou o Project Treble, um recurso que compartimentaliza o sistema para que seja possível entregar atualizações profundas posteriormente com mais agilidade. Atualmente, uma fabricante precisa essencialmente refazer a ROM de todos os seus smartphones para atualizá-los de uma versão para a outra do Android, o que acaba desencorajando a prática.

Suspeita-se que muitas fabricantes estejam tendo problemas com a implementação do Treble em seus aparelhos que já estão no mercado e, por isso, atualizações para o Oreo ainda são muito raras. Fora isso, algumas empresas estão inclusive ignorando completamente o Treble e trabalhando com o Oreo sem esse recurso. Tudo isso somado ao fato de que os principais tops de linha do ano chegam ao mercado entre fevereiro e abril pode ter contribuído para taxa de adoção baixa do Oreo.

Novas versões do Android raramente se tornam muito populares no seu primeiro ano de vida

Independente disso, novas versões do Android raramente se tornam muito populares no seu primeiro ano de vida. O Nougat, por exemplo, estava na mesma situação que o Oreo enfrenta hoje nos idos de janeiro do ano passado.

Ainda não há informações oficiais sobre quais seriam as novidades do Android P, mas rumores já especulam que a Google começará a trabalhar em uma forma de mudar essa questão da lentidão das atualizações.

google

A própria empresa poderia se responsabilizar por atualizar o Android dos dispositivos no mercado com o suposto“Google Unified Push” (GUP). Além disso, a empresa já deu uma pista de qual pode ser o nome da próxima versão do Robô: “pineapple upside down cake”, de acordo com uma foto divulgada hoje no site que trazia o enigma sobre a data da Google I/O 2018. Nós, claro, torcemos pelo #AndroidPaçoca2018.

Cupons de desconto TecMundo: