Google realmente quer que seu assistente decole e seja mais utilizado pelos usuários de Android no dia a dia. Em inglês, são cerca de 1 milhão de comandos disponíveis para facilitar a interação com os produtos que possuem o GA. E para mostrar que seu sistema de inteligência artificial pode ir muito além de te dizer como está o tempo, a empresa fez um site dedicado a explicar como o assistente pode te ajudar respondendo aos seus comandos de voz ou texto.

Na aba “What it can do”, página do site dedicada ao Google Assistente em inglês, é possível ter acesso a dezenas de recursos disponíveis. Os exemplos estão divididos por categoria, e a lista é extensa. A página destaca a possibilidade de controlar eletrodomésticos, luzes, aparelhos, entre outros. Alguns deles são bem curiosos, como o comando "talk to rain noise", para quando você quiser um som ambiente relaxante como barulho da chuva. 

Na versão do Brasil, os comandos são mais limitados, mas também é possível conferir a lista de comandos na aba “o que ele faz” do Google Assistente em português brasileiro. As categorias variam entre educação e referência, viagem e transporte, recursos de produtividade, jogos, fotos etc. Tudo para você usar menos as mãos enquanto precisa fazer alguma pesquisa, mandar mensagens, tirar fotos, fazer ligações e outras ações.

Não é por mero capricho que a empresa quer que as pessoas se acostumem cada vez mais com seu assistente virtual. Com a crescente tendência da internet das coisas e dispositivos equipados com alto-falantes e touchscreens, os sistemas de inteligência artificial farão parte do cotidiano mais intensamente. Um exemplo recente é a chegada do Google Assistente no Android Auto, nos EUA, que permite controlar dispositivos integrados de dentro do automóvel. Mas é no controle doméstico que o sistema deve se destacar ainda mais neste ano.

Por isso, espere ouvir mais sobre a presença dos assistentes de inteligência artificial, especialmente das principais vozes, como a do próprio Google Assistente, da Cortana (Microsoft), da Alexa (Amazon) e da Siri (Apple). Pode ter sido só engraçado poder pedir para essas vozes virtuais contarem piadas e ouvir respostas cômicas, mas definitivamente os assistentes artificiais não vieram só para brincadeira. Ou pelo menos não é apenas isso que suas criadoras esperam delas.

Cupons de desconto TecMundo: