“Em breve” é a única informação sobre quando as assistentes de voz Alexa e Cortana serão finalmente integradas. Não é novidade que a Microsoft e a Amazon planejam integrar seus serviços: o anúncio foi feito em agosto de 2017. A expectativa era de que a união das vozes virtuais aconteceria até o fim do ano passado, mas até o momento os serviços ainda não funcionam juntos.   

O site Thurrott foi atrás das empresas para obter uma justificativa sobre o atraso ou para descobrir se havia um novo prazo para que Alexa e Cortana finalmente "conversassem". As respostas, no entanto, foram vagas: "vamos falar sobre isso em breve", disse um porta-voz da Microsoft. Do lado da Amazon a resposta foi parecida e se limitou a "estamos trabalhando nisso e esperamos que aconteça em breve". Assim como à época do anúncio, o prazo para a junção das assistentes continua, portanto, sendo "em breve".

Seria interessante ver na prática os dispositivos com Alexa respondendo aos comandos com a Cortana e vice-versa. O forte da assistente da Microsoft são desktops e notebooks, enquanto a Alexa é muito utilizada nos alto-falantes Echo e Echo Dot, ao menos nos EUA. São dezenas de milhões de gadgets com Alexa em atividade enquanto a Cortana opera em centenas de milhões de dispositivos com Windows 10. Já imaginou essa quantidade de usuários da Cortana utilizando as habilidades da Alexa?

A aposta dos executivos da Amazon e da Microsoft é que a "personalidade" e as habilidades das assistentes de voz tragam ainda mais benefícios aos usuários, já que as pessoas não vão precisar usar dois serviços diferentes para o mesmo objetivo. A Alexa se destaca pelas funcionalidades de automação residencial, e isso certamente está gerando expectativas entre os donos de PC e Windows 10 em geral.

Quando o anúncio dessa integração foi feito no ano passado, Jeff Bezos, presidente da Amazon, também defendeu que essa parceria seria melhor para os consumidores. Vamos continuar acompanhando e esperando por anúncios de novidades ou um prazo mais objetivo para a união da Cortana com a Alexa, mas, por enquanto, parece que Microsoft e Amazon ainda precisam conversar ou resolver pendências. 

Cupons de desconto TecMundo: