Após 2 anos e meio de seu lançamento, o Windows 10 ainda enfrenta obstáculos deixados pelo Windows 7. Pelo menos é isso que estatísticas oficiais do governo norte-americano apresentam. Segundo o órgão, de 2,54 bilhões de visitantes de seu website oficial, 20,9% são usuários do Windows 10, enquanto 20,7% fazem esse acesso via Windows 7. Isso deixa claro que a versão mais antiga do sistema operacional ainda é preferencial para um número bem considerável de pessoas.

Outras estatísticas comparativas entre o uso do Windows 10 e do Windows 7

Diante de dados do último semestre, a expectativa da Microsoft era de que o Windows 10 ultrapassasse a participação de mercado do Windows 7 até o fim de 2017. Porém, isso ainda não foi possível.

A companhia recentemente informou que em novembro o número de usuários do Windows 10 era de 600 milhões em todo o mundo. Se consideradas as ativações realizadas nos feriados de fim de ano e uma reação mais favorável às últimas duas atualizações do sistema, o esperado era que esse número continuasse a aumentar. Apesar de isso não significar ausência de crescimento, evidencia que houve menor impulso no último mês.

Observando outros dados comparativos, o site NetMarketShare  especializado em estatísticas de tecnologia e internet  aponta que o Windows 7 perdeu apenas 0,04% de market share em dezembro, mantendo uma fatia de 43,08% do mercado. Já a versão mais recente apresenta um ganho de 0,98%, ficando com o total de 32,93%. Porém, vale informar que essa análise levou em consideração diversos tipos de sistemas operacionais.

StatCounter é outro site que também disponibilizou esse tipo de avaliação, mas com foco apenas em dados do universo Windows. Em suas estatísticas, o Windows 10 apresenta um market share de 41,69%, enquanto o Windows 7 fica com 41,89%.

Diante dessas informações, a expectativa é de que a versão mais recente ultrapasse a mais antiga em um mês. No site, ainda é possível notar que o Windows XP sobrevive com o total de 5,18% do mercado e o Windows 8.1, com 5,71%.

Apesar de todas essas informações, a Microsoft não divulgou seus dados oficiais. Mesmo assim, tudo isso revela de alguma forma a preferência de seus consumidores e como eles têm se comportado diante das últimas alterações do sistema.

Cupons de desconto TecMundo: