É inegável que o aplicativo de trânsito Waze se tornou referência no mercado. O projeto criado há 8 anos por empreendedores israelitas alcançou em 2017 mais de 65 milhões de usuários ativos mensalmente ao redor do mundo. Já no Brasil, são 3 milhões de apreciadores do app somente em São Paulo. O segredo para um desempenho tão bom pode ser representado por uma palavra: inovação.

A diferença do aplicativo para os GPS tradicionais é que ele tem uma característica comunitária. Ou seja, além de oferecer as rotas, compartilha informações de tráfego dos outros usuários. Dessa forma, é possível ter atualizações do trajeto em tempo real. Dicas como acidentes, congestionamento, policiais e postos de gasolina mais próximos também são um diferencial da iniciativa.

 

Em entrevista para o site da Folha de São Paulo, o fundador do Waze Uri Levine revelou que o projeto nasceu da frustração de estar em um congestionamento e não saber o que fazer. “Esse era o problema. Na verdade, o que eu queria saber outros motoristas já sabiam que estava ocorrendo. Se pudéssemos juntar essa informação, teríamos uma solução. Se pudéssemos saber onde os motoristas estavam, poderíamos descobrir onde os congestionamentos estavam e ajudar as pessoas a evitá-los”.

O app começou a ser estudado em 2006 e saiu do papel 2 anos depois. Em 2009, estava pronto para ser baixado. No entanto, não conseguiu usuários suficientes. “Melhorar os mapas até 2010 foi o passo mais complexo que tivemos. Foi um período crítico para nós”, disse Levine.

Apesar de ter conseguido se consolidar no segmento, o instinto inovador do Waze continua. Passando a frente dos rivais Here WeGo e TomTom GO Mobile, o app lançou recentemente um serviço exclusivo para motociclistas. Disponível em aparelhos iOS e Android, a novidade sugere rotas baseadas em observações dos demais usuários, indicações de trajetos apropriados apenas para automóveis menores e diminuição do tempo de deslocamento.

Outra facilidade é o uso do comando de voz. Ao dizer a frase “Ok, Waze”, você é capaz de mexer no destino sem nem mesmo tirar as mãos do guidão. Infelizmente, por enquanto o recurso está em funcionamento só nos Estados Unidos, no Canadá e noReino Unido.

O uso da versão Waze para motocicletas é simples. Confira abaixo!

Abra o aplicativo

O primeiro passo é entrar no Waze, clicar no desenho de lupa localizado no canto inferior da tela e seguir para as configurações. Essa área está representada por um ícone de engrenagem no canto superior esquerdo. 

2. Escolha o veículo

Quando estiver em configurações, basta selecionar a opção de moto. A partir da escolha, o aplicativo será otimizado automaticamente para o automóvel escolhido.

3. Seja feliz

Por fim, escolha a rota desejada e aproveite os benefícios do novo modo.

E aí, o que achou da novidade? Vai ajudar no seu dia a dia? Opine nos comentários. 

Cupons de desconto TecMundo: