Se você tem dificuldades na hora de montar o seu currículo, a Microsoft quer tornar tudo menos complicado. A aposta da companhia nesse sentido é a aguardada integração entre o LinkedIn, rede social adquirida pela gigante em 2015 por US$ 26 bilhões, e o Word, o editor de texto do pacote Office.

Conforme publicou em seu blog oficial, o Word do Office 365 conta com um novo recurso, chamado de Resume Assistant (ou Assistente de Currículo, em tradução livre). A intenção é oferecer aos usuários do editor algumas ferramentas inteligentes do LinkedIn.

“Com mais de 80% dos currículos atualizados no Word, o Resume Assistant ajuda quem procura um emprego a exibir conquistas, ser mais facilmente encontrado por recrutadores e encontrar o seu trabalho ideal”, escreveu o diretor do Office 365 Bryan Goode.

Inteligência artificial na busca por emprego

A integração entre LinkedIn e Word garantirá aos usuários várias ferramentas. Entre elas estão exemplos relevantes de como as pessoas descrevem a sua experiência na hora de criar um currículo e a descoberta de habilidades relevantes para determinadas vagas de emprego, facilitando assim a criação de um filtro próprio na hora de elaborar a apresentação.

Ao criar um currículo no Word, os usuários podem acessar informações sobre vagas reais — o site conta atualmente com mais de 11 milhões delas. Haverá ainda auxílio profissional por meio do ProFinder, a plataforma de freelancers da rede social, e também um contato direto com recrutadores do Open Candidates, outro serviço do LinkedIn.

O Resume Assistant estará disponível para todos os assinantes do Office 365 membros do Office Insiders. Os primeiros países a receber a novidade serão África do Sul, Alemanha, Austrália, Brasil, Canadá, China, Estados Unidos, França, Índia, Irlanda, Japão, Nova Zelândia, Reino Unido e Singapura. Em breve, ele chegará a todos os usuários dessa versão da suíte de apps de produtividade da Microsoft.

Cupons de desconto TecMundo: