Um homem foi preso nos Estados Unidos após ter sido acusado de estupro por diversos usuários que puderam ver o crime por meio de uma gravação feita no Snapchat. Segundo os relatos – que ainda são um pouco confusos –, a vítima teria registrado o ataque usando o app que grava vídeos temporários, o que levou a polícia a prender o suspeito, morador do estado de Ohio.

Informações da polícia afirmam que agentes teriam sido chamados para verificar as condições de uma mulher de 20 anos após denúncias anônimas. O homem que foi preso, James D. Allen, de 77 anos, teria declarado aos oficiais que não havia nada de errado na residência.

James Allen, de 77 anos, suspeito de estupro

Porém, algumas horas depois, usuários do Snapchat entraram em contato com a polícia após terem visto a filmagem do estupro, registrada pela própria vítima. O vídeo foi encaminhado para as autoridades e, com base nele, a prisão preventiva do suspeito foi realizada. Sem dar detalhes sobre o que foi transmitido exatamente pelo Snapchat, o detetive responsável pela investigação afirmou que as imagens eram bem “esclarecedoras”.

Allen vai responder pela acusação de estupro na penitenciária do condado de Ottawa, em Port Clinton, Ohio.

Cupons de desconto TecMundo: