A empresa Rufus Labs está trabalhando em um aparelho que vem para aqueles que sempre sonharam em ser um Power Ranger quiseram ter um smartwatch um pouquinho maior do que as opções com telas minúsculas que encontramos atualmente. Não é preciso muito para ficar claro que, quando falamos em “um pouquinho maior”, queremos dizer “tão grande quanto um smartphone comum”.

O Rufus Cuff, como é chamado, é uma proposta curiosa. Como você pode conferir pela imagem acima, o aparelho poderia ser descrito simplesmente como um smartphone de entrada que fica preso ao seu pulso, com uma tela de 3,2 polegadas e até 64 GB de armazenamento, além de suporte a email, mensagens, e basicamente tudo o que um celular comum pode fazer (com exceção a fazer ligações, já que ele não suporta um chip SIM).

Na verdade, considerando que o dispositivo até mesmo vem com um sistema Android 4.4 KitKat completo, você pode mesmo tratar ele como um celular de pulso – ou como uma versão mais moderna do Pip Boy.

Da ficção científica trash para a realidade

Por mais curiosa (para não dizer estranha) que seja a aposta da empresa, o fato é que ela deu muito certo: o dispositivo esteve disponível via crowdfunding no IndieGogo anos atrás, e teve seu financiamento aprovado com 457 mil dólares (quase duas vezes a meta original) ainda em maio de 2014. Gabe Grifoni, presidente e fundador da Rufus Labs, chegou a dizer ao USA Today que o Cuff vai “substituir a necessidade de smartphones, carteiras, relógios, monitoradores de saúde, tudo.”

Isso vai substituir a necessidade de smartphones, carteiras, relógios, monitoradores de saúde, tudo.

Gostou da proposta? Pois saiba que você pode ter um desses aparelhos se estiver disposto ao simbólico investimento de 399 dólares (R$ 1,5 mil, em uma conversão simples e sem impostos), quando ele chegar nas lojas em algum momento do começo do ano que vem. Já aqueles que quiserem um descontinho na compra podem adquirí-lo na pré-venda do site oficial por US$ 249 (R$ 958). Nada que um fã das séries sci-fi das antigas não esteja disposto a pagar para ter um aparato desses nas mãos.

Você prefere smartwatches com telas pequenas ou grandes? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: