O mercado de dispositivos vestíveis está prestes a ganhar mais um relógio inteligente. Estamos falando do GUARDDY, um smartwatch projetado por brasileiros e que está sendo financiado através da plataforma de crowdfunding Kickante. Mas não pense que estamos diante de um competidor para o Apple Watch ou algo do gênero – o dispositivo possui público alvo bem diferente.

A ideia do GUARDDY é ser um relógio para crianças, servindo como uma ferramenta para os pais que desejam garantir que seus filhos estejam sempre em segurança. De acordo com os criadores do projeto, a ideia de criar o gadget veio a partir da observação de números tristes: 240 mil crianças desapareceram no Brasil ao longo do último ano, sendo que 8 milhões ao redor do mundo ainda estão perdidas.

A ideia é simples: os baixinhos vestem o relógio e seus pais podem gerenciá-lo remotamente através de um aplicativo dedicado. Dessa forma, você consegue localizar seu filho com facilidade, tal ser alertado caso o smartwatch seja removido de seu pulso e visualizar um histórico de onde ele tem andado. Além disso, é possível criar uma zona de segurança e receber uma notificação caso o GUARDDY ultrapasse essas fronteiras virtuais.

Um guardião tecnológico

Um microfone presente no corpo do vestível garante que o responsável pela criança possa ouvir tudo o que estiver acontecendo ao seu redor. O dispositivo também possui um slot para chips SIM, que serve como uma ferramenta de dupla utilidade: você pode ligar para o GUARDDY de seu filho assim como o pequenino pode ligar para você. Há também um botão de SOS que, ao ser pressionado, envia instantaneamente um alerta para três números pré-cadastrados.

Como se não fosse suficiente, o relógio funciona ainda como uma pulseira fitness comum, monitorando a distância percorrida pelo usuário e analisando a qualidade de seu sono (sendo capaz até mesmo de identificar distúrbios durante o repouso). O app do GUARDDY estará disponível tanto para iOS quanto para Android, sendo possível também acessar uma versão para navegadores web.

A bateria do smartwatch é capaz de aguentar até sete dias longe da tomada, e é importante dizer que um alerta também é emitido quando ela está com menos de 20% de sua capacidade total. Disponível em cinco cores distintas (azul, amarelo, vermelho, branco e preto), o GUARDDY terá ainda uma versão para idosos (Senior Edition), embora não tenham sido reveladas muitas informações a respeito dela.

Preço e disponibilidade

Administrado por João Mendes Neto (um dos fundadores da plataforma de distribuição de jogos digitais ThinPlay), o projeto deseja conseguir pelo menos R$ 80 mil em colaborações para virar realidade. A ideia é que o produto passe a ser produzido entre janeiro e abril do ano que vem. Embora o preço final do GUARDDY esteja estimado em R$ 780, é possível reservá-lo com descontos especiais durante o processo de financiamento, pagando pelo menos R$ 449.

Você compraria um smartwatch para seu filho? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: