Aos poucos os relógios inteligentes, os smartwatches, estão adquirindo seu espaço no mercado – que tem tudo para se expandir nos próximos anos. Contudo, há algo que pode ser bastante melhorado nesses dispositivos: o tempo de durabilidade das baterias. Como estamos falando de um aparelho pequeno, não há como baterias muito grandes ou potentes sejam incorporadas, já que outros componentes essenciais disputam o pequeno espaço do relógio.

A ProLogium, empresa originária de Taiwan, pensou em uma possível solução para aumentar o tempo de autonomia das baterias de tais dispositivos. Um modelo de relógio foi apresentado no Computex, evento de tecnologia que ocorre no próprio país da ProLogium, com as típicas pulseiras do acessório substituídas por baterias dobráveis – em outras palavras, resultando um melhor aproveitamento de espaço.

Por enquanto, existem modelos de 500mAh e 300mAh

As baterias flexíveis são finas, de lítio e podem oferecer um poder de 500mAh, sendo que já existem modelos com 300mAh. De acordo com a ProLogium, o uso das pulseiras pode aumentar em 100% o tempo de autonomia das baterias do smartwatch Pebble – o que já é um ganho muito significativo. O lítio utilizado nas baterias está no estado sólido, o que quer dizer que ele consegue evitar o grau de volatilidade outras de fontes de energia que tem o lítio como base.

Além disso, as baterias seguem alguns padrões que impedem o uso de materiais inflamáveis nas suas composições, fazendo com que elas não explodam no seu pulso se algo der errado (para alívio de muitas pessoas). As aplicações das baterias da ProLogium podem se expandir para além dos smartwatches, já que suas baterias dobráveis podem estar em outros equipamentos eletrônicos vestíveis.

A empresa já iniciou a produção dos itens, sendo que modelos de outras pulseiras também estão sendo fabricados. Talvez o maior desafio dos desenvolvedores seja criar um design capaz de fazer uso das baterias da ProLogium de modo que combine harmonicamente com o smartwacth em questão. 

Cupons de desconto TecMundo: