Anunciado recentemente, o Project Ara foi um conceito bem diferente daquilo que a maior parte de nós está acostumada a ver. Afinal, quem não gostaria de poder decidir exatamente a capacidade de cada peça de nossos smartphones? Um projeto feito por um grupo do Reino Unido, no entanto, promete expandir esse conceito além de nossos celulares, levando-o até os smartwatches.

Com o nome de “Blocks”, o smartwatch (que já está em desenvolvimento) teria cada módulo disposto na forma de uma “pulseira”: basta encaixar uma peça na outra para que o aparelho esteja montado e pronto para uso. Assim como no Project Ara, cada parte se encarregaria de uma função, como GPS, WiFi e reconhecimento de voz; ficaria ao seu cargo decidir o que utilizar.

A parte boa aqui é que você pode, em teoria, encaixar módulos extras em número indefinido, para dar ao aparelho um superdesempenho e uma bateria infinita. O único problema é que pessoas com pulso fino podem ficar limitadas a uma quantidade mínima de blocos – ou precisar usá-lo como um cinto, se exagerarem na quantidade de peças.

Cupons de desconto TecMundo: