Depois de um ano relativamente fraco em lançamentos de smartwatches, a Google tomou para si a responsabilidade de aquecer esse mercado. Em uma entrevista concedida ao The Verge, o gerente de produto do Android Wear, Jeff Chang, garantiu que a empresa deve apostar em dois grandes lançamentos já no início de 2017.

Os novos aparelhos já haviam sido alvo de rumores anteriormente, e Chang confirmou não somente suas existências como disse que eles são parte de um esforço maior para convencer consumidores de que ainda vale a pena investir em um wearable. Os novos modelos não devem adotar as marcas Google ou Pixel, sendo nomeados pela fabricante responsável por eles.

O gerente de produto não esclareceu sobre qual companhia está falando, mas deixou pistas de que ela já colaborou com a Google na produção de aparelhos com o Android Wear. Segundo ele, os gadgets vão ser produzidos em um esquema semelhante ao adotado durante os anos em que a linha Google Nexus esteve ativa.

Android Wear 2.0

Os novos dispositivos devem chegar às lojas acompanhados pelo Android Wear 2.0 para os smartwatches compatíveis que já estão no mercado. Entre as novidades trazidas pela plataforma estão aplicativos que não exigem uma conexão direta com um smartphone, suporte ao Android Pay e ao sistema de comandos por voz Assistant.

A Google garante que smartwatches mais recentes vão ter compatibilidade garantida com o Android Wear 2.0

Embora a atualização não seja compatível com todos os produtos vendidos atualmente, a Google garante que a maioria dos modelos recentes vai trabalhar com ela sem problemas. A versão preliminar da plataforma deve ser oferecida a desenvolvedores em janeiro de 2017, trazendo a compatibilidade com dispositivos iOS e Android.

Cupons de desconto TecMundo: