Não há dúvidas de uma crise financeira atingiu não apenas o Brasil, mas outros países também. Aliás, nenhum setor ou companhia está livre disso, e um exemplo recente é o da Pebble, fabricante de smartwatches que demitiu 40 trabalhadores recentemente. 

Falando ao site Tech Insider, Eric Migicovsky, diretor-executivo da empresa, explicou que 40 profissionais foram afetados com a medida, e que, apesar de a companhia ter conseguido levantar US$ 26 milhões nos últimos oito meses, o clima de investimento das empresas do Vale do Silício não é dos mais animadores. 

“Estamos definitivamente sendo mais cautelosos este ano na forma como planejamos nossos produtos. Temos esse dinheiro, mas a grana [entre os capitais de risco no Vale do Silício] tem sido curta no últimos tempos”, comentou Migicovsky.

A Pebble é uma das principais empresas a apostar em relógios inteligentes

Novo foco 

O bate-papo também serviu para sabermos que a empresa pretende focar na produção de produtos mais voltados para aspectos de saúde e fitness, algo que tem chamado bastante a atenção dos usuários. Somado a isso, a companhia também vai começar a vender seus acessórios na Índia, o que será possível graças a uma parceria com a Amazon

Alguns especialistas acreditam que os smartwatches vão se tornar os dispositivos mais procurados pelo público nos próximos anos, e a Pebble pretende estar na ativa para ver isso acontecer. “Temos uma visão de onde os vestíveis podem nos levar num período entre cinco e dez anos, e isso nos motiva a ter sucesso”, comentou Migicovsky. 

Para dar uma ajuda na memória, a Pebble conseguiu lançar seu primeiro relógio inteligente após a realização de uma campanha no Kickstarter em 2012. A primeira investida no site de financiamento coletivo gerou um retorno de mais de US$ 10 milhões em arrecadação, levando a companhia a investir em alguns outros modelos posteriormente. 

Apesar de o executivo não mencionar quantos relógios foram vendidos desde que a Pebble foi fundada, a companhia anunciou, em fevereiro de 2015, que já tinha vendido um milhão de smartwatches desde 2013.

O que você acha dos relógios inteligentes vendidos pela Pebble, gostaria de ter um? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: