A concorrência no setor de televisores está cada vez mais disputada, num cenário que se acirra em escala mundial e, sobretudo, no Brasil. Seguindo a filosofia de “democratizar” seus produtos com modelos acessíveis aos bolsos dos brasileiros – e que, ao mesmo tempo, correspondem tecnologicamente –, a Philips traz a bela smart TV 65PFG7459/78, uma LED Full HD de 65 polegadas com preço na casa dos R$ 5 mil.

O primeiro e mais chamativo detalhe do aparelho é o seu design. Arrojado e moderno, o desenho agrada a qualquer padrão de estética em função da fina espessura e dos robustos pedestais, que trazem versatilidade a praticamente qualquer ambiente.

Na verdade, toda a linha de televisores da série de smart TVs 7000 adotou sábias escolhas de design e, hoje, os modelos incomodam qualquer outro nome da concorrência – até porque a Philips tem um tempero especial e exclusivo em sua fórmula: o recurso Ambilight.

O diferencial do Ambilight em 65 polegadas

O recurso Ambilight, uma tecnologia proprietária da Philips, utiliza lâmpadas HUE, também da empresa, para mudar a forma como enxergamos o conteúdo transmitido. Para quem acredita que algumas “luzinhas externas” não fazem diferença, é hora de morder a língua: quanto maior a tela, maior é a imersão que o usuário tem ao consumir conteúdos diversos, principalmente aqueles de entretenimento.

Em nossos testes, rodamos filmes no Netflix para checar os efeitos dinâmicos que a smart TV possui. Em cenas explosivas, a tecnologia Ambilight deixa a tela mais ampla e projeta um brilho extra de três lados da tela até a parede próxima. Instalar o televisor numa parede, portanto, é uma ótima escolha aqui, tanto estética quanto funcional.

Para contribuir com esse toque elegante, outro charme é a espessura, que pode não chegar a um dedo. A silhueta ultrafina ajuda a encaixar o aparelho em praticamente qualquer ambiente – e televisor, sem a caixa, não chega a 25 kg.

Pixel Precise HD Engine: ótima resposta aos tons escuros mais chatos

Os que têm “olho chato”, como este que vos escreve, costumam encasquetar com o contraste de sombras e iluminação, principalmente em jogos. A calibragem do televisor é um processo contínuo e que jamais deixa o usuário exigente numa zona de conforto.

Graças ao Pixel Precise HD Engine, integrado no aparelho, a qualidade de imagem ganha um bem-vindo equilíbrio, e pudemos comprovar isso graças aos testes realizados com softwares terceiros, como o PixPerAn e o Lagom.

O recurso oferece nitidez vívida e cores que se alternam com um altíssimo tempo de resposta – praticamente nulo, na verdade. Graças aos pretos mais profundos e brancos brilhantes, é possível consumir praticamente qualquer conteúdo sem perda de matiz ou saturação de cor se você souber calibrar o televisor na medida certa.

O contraste entre navegabilidade e qualidade de imagem

Eis o aspecto que ainda precisa de ajustes no lado da engenharia da Philips. A excelente qualidade de imagem aliada a um design único ainda não anda de mãos dadas com a navegabilidade do televisor, o qual, apesar de oferecer uma batelada de aplicativos que trazem ótimas experiências multimídia ao usuário, sofre de alguns gargalos em seu modus operandi.

Na verdade, convenhamos: esse é um ponto que requer amadurecimento em qualquer smart TV que se preze. Citando elegantemente a concorrência, um sistema como o WebOS, da LG, apesar de mais tempo de mercado e robustez em sua infraestrutura de desenvolvimento, também está longe da perfeição. Trata-se de um quesito que ainda tem de ser aprimorado na indústria – nem que isso precise ser feito em detrimento da qualidade de imagem.

2D para 3D em ótima conversão e dual-screen

O 3D do aparelho traz o querido recurso dual-screen, que favorece as jogatinas em duas pessoas, cada qual com sua própria tela. Tudo sem trepidações e com baixa incidência de efeito fantasma. Converter qualquer conteúdo do 2D para o 3D nunca foi tão agradável e sem distorções.

Os óculos, quatro deles inclusos na embalagem, são leves, confortáveis e não requerem o uso de baterias. Quem quiser consumir conteúdo de entretenimento que seja nativamente programado para rodar no 3D terá, naturalmente, uma qualidade superior, mas até mesmo as novelas caíram bem no 3D convertido.

Aplicativos, interação e um ousado controle remoto

Ao usufruir dos recursos de smart TV do aparelho, o usuário certamente sentirá alguns dos mencionados gargalos na navegabilidade, mas não se enganem: a camada que vem após isso é um deleite. Além da tradicional transmissão e locação de filmes, vídeos ou jogos a partir de lojas online, o usuário pode assistir ao “catch-up” (atualização) TV de seus canais favoritos e desfrutar de uma ampla seleção de aplicativos online, como YouTube, Skype, Facebook, Spotify, Twitter e outros.

O fenômeno do compartilhamento ganhou uma forma prática de ser aproveitado aqui graças ao MyRemote, uma maneira mais inteligente de interagir com a TV. Com ele, é fácil compartilhar conteúdo de seu aparelho Smart em sua TV (SimplyShare) ou ficar atualizado, e tudo isso graças ao guia de programa de TV.

Antes que se pergunte como tudo isso se espelha para você, a coisa funciona através do WiFi Miracast, que espelha a tela de seu smartphone para a TV. Fotos, vídeos, jogos e outras coisas podem ser exibidos na tela grande com um simples comando.

O controle remoto com pointer é uma adição bem-vinda à experiência. No entanto, mesmo com todos os ajustes realizados, o controle da seta permanece muito sensível e tem um comportamento um tanto quanto aleatório quanto ao surgimento do cursor na tela. Mas a ideia funciona bem, até porque há um teclado na parte de trás.

Nesse contexto, o Skype, por exemplo, se mostrou responsivo. Você pode fazer chamadas de vídeo e de voz em sua própria sala, bastando conectar a câmera da TV (PTA317) e utilizar o controle remoto de teclado e pointer. O acessório conta com todas as funções habituais, como teclas de cursor, controle de volume e botões de atalho.

A diferença é que o pointer funciona como um mouse, permitindo que você aponte, clique e navegue na tela, com o teclado à mão para digitar textos. O controle remoto inteligente possui ainda sensores giroscópicos intuitivos, os quais permitem inserir textos sem se preocupar em trocar de canal acidentalmente. Na prática, nem sempre isso funciona da melhor maneira possível, mas a ideia é excelente e pode perfeitamente ser aprimorada em futuros televisores da Philips.

Perfect Motion Rate de 960 Hz

Já falamos em responsividade aqui, mas há que se ressaltar a experiência audiovisual que o consumidor tem com o Perfect Motion Rate de 960 Hz. Como a televisão tem um aspecto ultrafino e o Ambilight, o tempo de resposta preciso e sem delays destaca aspectos que, de outra forma, dificilmente seriam vistos.

Além disso, conforme supracitado, o Motion Rate de 960 Hz não dá brechas para que existam quedas no contraste ou desbalanceamentos de branco/preto. Tanto nos testes que fizemos por meio de softwares terceiros quanto na experiência em si, o resultado foi absolutamente satisfatório.

Vale a pena?

Do ponto de vista da experiência audiovisual, o 65PFG7459/78 oferece tudo e mais um pouco, com absoluto respeito à demanda do mercado, que se contrasta, nesse caso, com o N65H6103AG, da Samsung, ou o 65LB6500, da LG. Cabe enaltecer que não estamos comparando ou observando televisores Ultra HD aqui, que ainda sentem um terreno pouco fértil que está sendo pavimentado, mas sim os modelos LED Full HD.

Os preços são parecidos e giram em torno dos R$ 4.600 a R$ 5 mil. Enquanto TV, o aparelho da Philips continua entregando uma excelente qualidade de imagem, potencializada pelo sempre bem-vindo Ambilight, contrastes fiéis e áudio competente, mas as funções inteligentes, que apresentam um leque diversificado de opções, ainda precisam de uma polida operacional. O potencial está ali e ainda há muito a ser desbravado; os gargalos podem e devem ser exterminados em futuras empreitadas no sistema operacional que a Philips adota em suas smart TVs.

O design é belíssimo, a montagem é fácil e o preço está de acordo com a proposta do aparelho. Dadas as ressalvas e as vantagens que o televisor possui, eis uma escolha de bom gosto para sua sala.

Cupons de desconto TecMundo: