Tony Hawk já teve a oportunidade de testar o “primeiro hoverboard do mundo”, é verdade. Mas o produto que quer inaugurar o segmento dos skates voadores deixa os fãs de “De Volta para o Futuro” ainda com uma pulga atrás da orelha: é que os motores em forma de discos funcionam apenas sobre uma superfície condutora– uma pista de cobre, no caso (veja mais aqui).

Mas Ryan Craven, um inventor de Ausitn, Cidade do Texas (EUA), decidiu fazer seu próprio hoverboard. E nenhum tipo de pista especial precisa ser usado para que algumas voltas sejam dadas pelos skatistas: quatro motores retirados de sopradores de folhas ficam responsáveis por alçar a prancha a alguns centímetros de chão. O resultado você confere no vídeo acima.

O sistema desenvolvido pelo jovem faz uso de uma saia de borracha que direciona as correntes de ar contra o chão – uma série de furos faz com que os sopros sejam corretamente concentrados. É claro que o dispositivo não conta com um conceito técnico tão impressionante como o de Hendo, mas a ideia de Craven pode ser aperfeiçoada.

Duvida? Pois então clique neste link e consulte as instruções cedidas pelo inventor do skate. Um passo a passo detalhado, em inglês, é listado e um canal de comunicação direto com Craven pode ser utilizado. O entusiasta afirma que mais novidades sobre sua invenção serão publicadas em breve. Acompanhe nossas atualizações e fique por dentro de eventuais novidades.