Muitas vezes, para resolver certos problemas no computador, alguns usuários pedem ajuda a um amigo ou procuram respostas em fóruns de discussão pela internet. Contudo, nem sempre as dicas são claras o suficiente.

Em muitos desses tutoriais encontrados pela rede está a informação que pede que o usuário edite o host do sistema para conseguir ir adiante. Contudo, para muita gente, esse tipo de recomendação é simplesmente incompreensível. Afinal, como fazer isso?

Para que você não fique travado nesses guias é que o Baixaki decidiu preparou um rápido passo a passo para que você possa, enfim, modificar esses arquivos em sistemas Windows, Mac e Linux. Agora a solução de seus problemas está perto de virar realidade.

Windows

1) A edição de hosts no Windows é muito simples. A primeira ação a ser feita é acessar o comando do sistema. No Windows XP, basta clicar no Menu Iniciar e selecionar a opção “Executar”. Já nos Windows Vista e 7 é preciso abrir essa opção pelo campo de pesquisas.

Acesse

2) No campo de digitação, insira o seguinte comando:

notepad c:\windows\system32\drivers\etc\hosts

3) Com isso, o Bloco de Notas vai ser aberto. Esse é o arquivo de host do computador. Todas as linhas são referentes a algumas funções e as sinalizadas com um sustenido (o popular jogo da velha, “#”) são apenas exemplos e não são reconhecidas pelo sistema.

Inserir abaixo da área indicada

Para modificar o arquivo e inserir um novo comando é preciso que você o adicione na última linha do arquivo. Contudo, lembre-se sempre de utilizar o mesmo padrão apresentado.

Além disso, as alterações variam de acordo com as necessidades de cada usuário. Portanto, insira apenas aquilo que o guia indica. Para desativar uma modificação, basta adicionar um sustenido no início da linha ou simplesmente apagá-la por completo. Por fim, salve o documento e pronto.

Ubuntu

1) A edição dos arquivos de host no Ubuntu é muito parecida com a feita no Windows. A diferença, contudo está na forma de acesso utilizado. Em vez de usar o comando em “Executar”, você vai precisar do Terminal.

Edição no Linux

2) Com ele aberto, digite o seguinte comando:

sudo gedit /etc/hosts

O uso do “gedit” é facultativo. Você pode substituí-lo por outro editor de sua preferência que esteja instalado em seu computador, bastando alterar a forma de acesso. Além disso, perceba que existe um espaço separando os dois primeiros termos.

Edite os comandos

3) Na nova tela, basta inserir os comandos que você deseja. Entretanto, ao contrário do Windows, a inserção é feita nas primeiras linhas. Após terminar a edição, salve o arquivo para que as alterações sejam ativadas.

Mac OS

1) No Mac, a modificação é praticamente idêntica à do Ubuntu. Por conta disso, execute o Terminal para iniciar as alterações.

Editar hosts no Mac

2) Digite o seguinte comando na nova tela:

sudo vim /etc/hosts

Assim como no Linux, o uso do “vim” é facultativo e pode ser trocado por outro aplicativo sem o menor problema. Caso não saiba qual utilizar, tente como está descrito para ver se o sistema reconhece o comando.

Edite ou insira os comandos na área determinada

3) A diferença do Mac OS em relação ao Ubuntu está na última etapa. Em vez de abrir outra janela, o sistema da Apple permite que as alterações sejam todas feitas no próprio Terminal. Portanto basta adicionar os novos comandos ao local correspondente, da forma correta e salvar as alterações para concluir o processo.

Cupons de desconto TecMundo: