(Fonte da imagem: Reprodução/IMDb)

O bom humor da Siri chegou a um novo patamar. Quando perguntada por qualquer usuário sobre o que achou da atuação de Scarlett Johansson no filme "Ela", em que a moça interpreta uma tecnologia similar, a assistente pessoal responde de forma ácida, com comentários críticos. "Na minha opinião, ela dá um sentido ruim para a inteligência artificial" e "A atuação dela de inteligência artificial está além do artificial" estão entre as falas da ajudante eletrônica do iOS.

Depois disso, nada mais justo do que ouvir a outra pessoa envolvida. Perguntada em tom de brincadeira pelo site Vanity Fair sobre o que achou dos comentários, a atriz respondeu com muito bom humor. "Ai. Meu. Deus. Eu me sinto traída! No outro dia, perguntei à Siri como eu estava e ela disse `Você é a mais bela de todas`. Então ela está obviamente jogando para os dois lados. Como assim? Que traidora, cara. Que traidora", afirmou Johansson.

No filme dirigido por Spike Jonze, um homem solitário (interpretado por Joaquin Phoenix) apaixona-se pela voz de Samantha (Scarlett Johansson), uma assistente virtual futurista que acompanha os consumidores bem mais do que o produto da Apple. "Ela" estreia no Brasil em 7 de fevereiro.

Cupons de desconto TecMundo: