(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Eis que mais um cofundador da SIRI International deixa a Apple. Depois do ex-CEO Dag Kittlaus, dessa vez foi Adam Cheyer que resolveu abandonar a Maçã. Cheyer foi um dos colaboradores que desenvolveram a primeira versão do sistema de reconhecimento de comandos de voz Siri. O programa é encontrado atualmente no iPhone 4S — e deve aparecer em breve também no novo iPad, como parte do iOS 6.

Em entrevista ao site Boomberg, o executivo afirmou que deseja passar mais tempo com a sua família e também que gostaria de se dedicar a outros projetos. Aparentemente, a decisão foi tomada já há alguns meses — embora a Apple ainda não tenha se pronunciado oficialmente sobre o fato. Cheyer atuava como engenheiro-diretor do iOS.

A Apple adquiriu o Siri no início de 2010. Apesar de alguns processos envolvendo a eficácia do aplicativo, a companhia parece bastante otimista. No início deste ano, o diretor-executivo da empresa, Tim Cook, afirmou que, embora o produto ainda se encontrasse em sua versão Beta, ele mesmo já não podia viver sem o programa. Para Cook, trata-se de uma adição com as mesmas proporções das telas sensíveis ao toque.

Fonte: Bloomberg

Cupons de desconto TecMundo: