Já parou para pensar em como as empresas de engenharia projetam edifícios e outras construções preparadas para enfrentar alguns desastres naturais? Como saber se a estrutura do prédio vai aguentar um novo Katrina? A resposta é simples: colocando-a diante de um novo furacão.

É por isso que o departamento de pesquisas especializado nesse tipo de efeito climático da Universidade Internacional da Flórida desenvolveu o chamado Wall of Wind. Trata-se de uma máquina gigantesca capaz de reproduzir os efeitos de uma tempestade que vai ajudar os estudiosos a analisar os estragos e a criar maneiras de evitá-los.

Como pode ser visto na imagem abaixo, o aparelho não é nada menos do que colossal. Medindo 4,5 metros de altura por 6 metros de largura, ele traz nada menos do que 12 ventiladores de 1,8 metro com potência de 700 HP. Isso significa que, juntos, eles conseguem criar ventos de até 250 quilômetros por hora — o equivalente a um furacão de categoria cinco, ou seja, com a mesma força do Katrina, que atingiu a região em 2007.

Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/Gizmodo)

Para deixar os testes ainda mais realistas, o Wall of Wind também possui um sistema que simula a chuva. Para isso, além dos potentes ventos, ele também joga água, o que torna tudo ainda mais destruidor e sofrível — ao menos para quem está em frente aos enormes ventiladores.

De acordo com o diretor associado da universidade, Erik Salna, a proposta é exatamente mensurar o efeito dessas tempestades nas estruturas de casas e demais construções a fim de melhorá-las e oferecer mais segurança à população das áreas mais atingidas por esses desastres naturais. A ideia é usar os fortes ventos para testar novas técnicas e tecnologias que aguentem tudo isso.

Fonte: Florida International University, Gizmodo

Cupons de desconto TecMundo: