(Fonte da imagem: Reprodução/G1)
Com tecnologia completamente nacional, o programador João Pagotto desenvolveu um simulador de voo para aviões de pequeno e médio porte. Com placas gráficas, software e um sistema de instrução totalmente inventados por Pagotto, o simulador brasileiro (que estava na Campus Party 2012) deverá custar até R$ 30 mil mais barato que outros modelos produzidos no exterior.

Em entrevista ao G1, Pagotto revelou que a sua criação nasceu de um simples hobby. No início do curso de Ciências da Computação, além de jogar bastante o game Flight Simulator, ele começou também a desenvolver algumas placas gráficas para aperfeiçoar o jogo da Microsoft.

Com a proximidade do final do curso, Pagotto então percebeu que o seu hobby poderia se desenvolver em algo sério. Após visitar um aeroclube de sua região para conhecer os simuladores utilizados pelos aspirantes a piloto, o programador teve a ideia de transformar o que era apenas diversão em seu trabalho de conclusão de curso.

 Atualmente, Pagotto trabalha cinco horas diariamente nos últimos detalhes necessários para que seu simulador atenda a todas as especificações exigidas pela Agência Nacional de Aviação (ANAC) e possa ser utilizado profissionalmente por uma escola de aviação em Campinas – algo que deve levar 20 dias, de acordo com as estimativas do programador.

Fonte: G1

Cupons de desconto TecMundo: