A Sharp apresentou esta semana planos ambiciosos para o mundo dos tablets. Os japoneses anunciaram dois gadgets com Android, chamados de Galapagos, e que devem começar a ser vendidos no Japão em dezembro deste ano.

Os modelos tem tamanhos que geraram questionamentos. O primeiro tablet tem uma tela LCD de 5.5” (resolução de 1024 × 600), menor do que a dos tablets recém-lançados e maior do que a dos smartphones mais generosos.

Por outro lado temos a tela de 10.8”, mais de uma polegada maior do que o popular iPad, da Apple (que tem LCD de 9.7”, e deve diminuir). Sua resolução é de 1366 x 800. O aparelho maior tem cor prata, e a versão 5.5” será vendido em preto ou vermelho.

Divulgação: Sharp

A Sharp ainda não revelou maiores detalhes sobre processador, lançamento internacional, versão do Android inclusa, etc. No entanto, já avisaram que sua previsão é a venda de até 1 milhão de aparelhos no próximo ano.

Divulgação: Sharp

Apesar de serem anunciados como tablets, a empresa avisa que a principal função deles é a de e-reader e afirma que, até o final do ano, mais de 30 mil revistas, livros e jornais estarão disponíveis para download.

Divulgação: Sharp

Os aparelhos terão conexão sem fio, mas não vêm equipados com 3G. Isso pode gerar insatisfação de alguns usuários, principalmente para o tablet de 5.5”, chamado de “mobile tablet”. Apesar do nome, por seu tamanho, não acompanhará internet móvel.

Cupons de desconto TecMundo: