(Fonte da imagem: Reprodução/The Asahi Shimbun)

Como parte de um plano de reestruturação com duração esperada de três anos, a Sharp pode estar prestes a demitir 5 mil pessoas que fazem parte de seu quadro de empregados. Segundo informações obtidas pelo Asahi Shimbun, a decisão também vai afetar os altos cargos da companhia — o número de diretores e conselheiros da empresa será reduzido pela metade.

O período afirma que a quantidade de funcionários que trabalham na sede da empresa na cidade de Osaka também será reduzido pela metade. As demais demissões devem afetar as plantas de fabricação da organização localizadas em diferentes pontos da China e da Malásia.

Na tentativa de aumentar seus lucros, a Sharp também vai mudar o foco de sua produção, passando a dar mais atenção para a fabricação de displays para smartphones e televisores de alta definição. Até o momento, a empresa não divulgou a partir de qual data o corte de empregados entrará em vigor.

Cupons de desconto TecMundo: