Três pós-graduandos na área de Computação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) perceberam a dificuldade de editar seus textos acadêmicos de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e decidiram fazer algo a respeito. Eles resolveram desenvolver uma ferramenta que já fizesse a maior parte desse trabalho de forma automática.

Dessa forma, surgiu o FastFormat, serviço online desenvolvido por eles nos últimos quatro anos. A aplicação já encaixa os textos produzidos nela ou importados de outras fontes diretamente no molde escolhido. Esse molde (ou template) pode ser o de um artigo científico, monografia, TCC ou de um periódico acadêmico, por exemplo. Existem diversas opções disponíveis atualmente no serviço, que já está em funcionamento nos últimos dois meses.

Caso nenhum dos templates atuais sirva para a finalidade que o usuário deseja, este pode enviar uma solicitação para que um novo seja produzido e incluído. O uso do FastFormat atualmente é gratuito, e os desenvolvedores dependem de doações para manter o projeto. No futuro, conforme novas ferramentas forem implantadas no serviço online, algumas dessas funcionalidades passarão a ser pagas.

Os textos redigidos no serviço podem ser exportados para outros programas similares, como Word, LaTeX e Open Office, entre outros. Todas as funcionalidades, como diagramação, formatação, inserção de notas e organização da bibliografia foram testadas por pesquisadores e estudantes que conheciam o trio, que apontaram todas as falhas que o serviço ainda apresentava.

Somente depois de resolver todos esses problemas é que o FastFormat foi liberado para o uso do público. Os criadores da ferramenta ainda pretendem implementar ferramentas como revisão automática de texto e até mesmo permitir que os usuários criem seus próprios templates, personalizados à vontade. No entanto, esse último item ainda deve demorar um pouco a ficar pronto.

Cupons de desconto TecMundo: