Ontem, o site TorrentFreak reportou que o episódio S03E10 (o final da 3ª temporada) de Game of Thrones foi o mais pirateado de todos os tempos. Conforme a notícia, registros apontam que o conteúdo chegou a ser compartilhado simultaneamente por mais de 170 mil pessoas em um único torrent.

Os dados coletados pelo TorrentFreak mostram que mais de 1 milhão de pessoas baixaram o episódio apenas no primeiro dia, sendo que este número pode subir para 5 milhões até o término da semana. Com isso, a série Game of Thrones será novamente coroada como a mais pirateada do ano.

(Fonte da imagem: Reprodução/TorrentFreak)

Além dos números, a notícia original revela que a maioria dos “piratas” reside na Austrália, nos Estados Unidos, no Canadá e no Reino Unido. Em teoria, parte do recorde alcançado se deve à própria HBO, que não pretende distribuir sua série em outros serviços (como o Netflix).

Isso não prejudica as vendas de discos

Apesar de parecer um bocado inusitado, Michael Lombardo, presidente de programação da HBO, relatou ao Entertainment Weekly que a pirataria é um complemento para a série. Segundo a opinião do executivo, a pirataria é algo comum quando uma série faz muito sucesso em uma rede de conteúdo fechado.

(Fonte da imagem: Reprodução/HBO)

Na entrevista, Lombardo comenta que a pirataria não afeta as vendas de DVDs e Blu-rays. Para David Petrarca, diretor da série, os downloads ilegais do conteúdo fazem mais bem do que mal. O diretor comenta que os piratas ajudam a aumentar os burburinhos e popularizam ainda mais o mundo de Game of Thrones.

Cupons de desconto TecMundo: