O diretor César Charlone, que comanda a realização de 3%, a primeira série original brasileira da Netlfix, conversou recentemente com o E! Online Brasil sobre a produção.

O programa, baseado em uma série que surgiu no YouTube em 2011, é um suspense futurista sobre uma sociedade dividida entre progresso e devastação. A história acompanha jovens que estão do lado desfavorecido e querem tentar a sorte de uma vida melhor do outro lado. Mas para isso, eles precisam passar por um processo de seleção – e nesse processo, só 3% conseguem.

“Parte da ideia original do autor, Pedro Aguilera, mas a gente foi para um caminho totalmente diferente”, diss Charlone. “Aquilo é a ideia inicial, o argumento, mas o roteiro e a realização são novos. Quando me chamaram eu assisti à série e sugeri que a gente se aprofundasse mais, fugisse de estereótipos, porque as distopias sempre têm aquela coisa cinzenta, triste, e eu falei: a gente pode ser triste, mas às vezes na tristeza há esperança”.

O realizador falou também dos cenários utilizados na produção, incluindo pontos famosos da capital paulista: “As gravações aconteceram na cidade de São Paulo e uma das locações marcantes é o Estádio do Corinthians, em Itaquera, que se encaixou muito bem no nosso formato. Gravamos também nas ruas da cidade, no Cinema Marrocos, e em vários outros lugares”.

Produzida pela Boutique Filmes, a primeira temporada é dirigida por Cesar Charlone (indicado ao Oscar pela direção de fotografia de Cidade de Deus), tendo João Miguel (Estômago, Xingu, Felizes Para Sempre?) e Bianca Comparato (Avenida Brasil, Sete Vidas, Irmã Dulce) como protagonistas.

3% deve estrear na Netflix em novembro!

Via Minha Série.

Cupons de desconto TecMundo: