Na série de filmes "Predador", o caçador alienígena se guia a partir de um sensor térmico que denuncia a presença de humanos nas proximidades. Essa tecnologia, que parece restrita demais (ou até de outro mundo), agora pode caber na palma da sua mão.

O equipamento mostrado no vídeo é um sensor térmico que consome pouca energia e só recentemente foi reduzido para uma escala menor – no caso, para ser instalado no interior da câmera digital de um smartphone. Além de prestar serviço sobre a temperatura dos alimentos, o equipamento serve também como um detector de presença, caso você esteja em ambientes escuros.

Produzido pela Omron, o sensor nem precisa de movimento para funcionar: ele detecta luz infravermelha e a converte em sinais elétricos, possibilitando o cálculo da temperatura. Não há previsão de lançamento do equipamento para aparelhos comerciais.

Uso cotidiano

Mas de que forma isso seria útil no meu dia a dia? Imagine-se prestes a tomar um gole daquele café que acabou de ser passado – mas você está com medo de se queimar. A solução da Omron para essa dúvida é pouco prática, mas bem eficiente: o sensor térmico pode ser incorporado a aplicativos personalizados, no caso um que responda se a bebida está ou não em condições de ser consumida.

Fonte: DigInfoTv

Cupons de desconto TecMundo: