Conhecida pela fabricação de acessórios de áudio de alto desempenho, nos últimos anos a Sennheiser decidiu expandir seu portfólio para conquistar públicos que vão além dos audiófilos. Além de produzir fones de ouvido arrojados que concorrem com a linha Beats — como o Urbanite XL — a companhia também apostou em oferecer novas soluções para o público gamer.

O G4ME ONE é um headset voltado a jogadores que desejam um produto como boa qualidade de áudio e um microfone competente. Um dos destaques do dispositivo é seu design aberto, que assegura uma maior qualidade sonora ao mesmo tempo em que evita que sua cabeça aqueça após partidas prolongadas.

Passamos alguns dias com o headset e testamos suas capacidades de reproduzir músicas, jogos e vídeos, além de conferir seu desempenho em conversações. O resultado geral agradou, mas alguns pequenos problemas podem fazer com que esse não seja exatamente o produto que você procura para incrementar seus jogos.

Design

Disponível nas cores preta ou branca (ambas com detalhes em vermelho), o Sennheiser G4ME ONE é um headset bastante chamativo. Muito disso se deve a seu tamanho considerável, que traz como vantagem a possibilidade de usá-lo de forma confortável independente das dimensões de sua cabeça.

Encaixado em sua concha acústica esquerda, o dispositivo apresenta um microfone avantajado que pode ser aproximado ou afastado da boca com certa liberdade. Ao colocar a peça para cima, o sistema de comunicação do produto se desliga automaticamente, o que se mostra bastante cômodo para os momentos em que você simplesmente quer escutar músicas ou aproveitar o áudio de seus games.

Já na concha acústica direita você encontra um controlador de volume que funciona de forma independente do nível de som do computador utilizado. Essa peça é bem posicionada e responde de maneira rápida aos toques, permitindo que você realize os ajustes desejados em questão de instantes.

As saídas de som e a tiara central do G4ME ONE são revestidas com veludo, material que proporciona bastante conforto. No entanto, a solução utilizada pela Sennheiser traz como contraponto uma tendência a aquecer e uma propensão à sujeira; em questão de pouco tempo, o acessório fica repleto de partículas de poeira e de fios de cabelo e é necessário realizar manutenções constantes para mantê-lo limpo.

Com 3 metros de comprimento, o cabo do headset possui um tamanho considerável e acaba em dois conectores P2: um para áudio e outro para o microfone. Além de ser compatível com o PC, o produto também pode ser utilizado no PlayStation 4 no Xbox One contanto que você compre um acessório vendido em separado pela fabricante.

Desempenho

O G4ME ONE se diferencia de outros headsets para games por apresentar características muito próximas às de um fone de ouvido criado para escutar músicas. Embora siga a tendência de outros produtos da categoria de privilegiar frequências graves, o produto também reproduz sons agudos e médios de maneira competente, mesmo que um pouco apagada em alguns momentos.

A característica que mais chama atenção no produto é seu palco sonoro, isso é, a maneira como ele transmite o posicionamento de cada instrumento ou ruído reproduzido. Mesmo se tratando de um produto estéreo, o dispositivo da Sennheiser consegue transmitir muito bem o posicionamento de personagens e objetos a partir de sons que lhe são característicos.

Quem deve se beneficiar bastante disso são os jogadores do gênero FPS, que com o headset ganham a capacidade de detectar facilmente a origem de tiros e conseguem determinar a aproximação de inimigos pelo ruído de seus passos. Essa característica também beneficia a experiência de assistir a filmes e séries, já que possibilita realmente imergir na trama que passa por sua televisão ou monitor.

Algo que pode ser problemático para alguns jogadores é o fato de os graves do produto não serem tão aguçados quanto o que se espera de um acessório especializado em jogos eletrônicos. Dessa forma, quem gosta de realmente “sentir” o som de tiros e explosões provavelmente vai ficar decepcionado com a solução da Sennheiser.

Mesmo que não tenha sido feito estritamente com esse propósito, o G4ME ONE também é uma boa solução para escutar músicas. No entanto, esse é o quesito no qual o produto demonstra mais fraquezas, reproduzindo instrumentos como guitarra, baixo e bateria de forma um tanto apagada quando comparado a acessórios mais especializados.

O design aberto do headset cumpre a promessa de evitar que a cabeça fique aquecida rapidamente, mas o uso de veludo no acabamento das caixas acústicas e da tiara não se mostrou muito benéfico. O material tende a aquecer bastante após um tempo de uso prolongado, especialmente quando o produto é usado em dias com temperaturas elevadas.

O G4ME ONE consegue trabalhar com intensidades sonoras altas sem apresentar qualquer espécie de distorção, mas não aconselhamos usar toda a capacidade do produto em ambientes públicos, já que ele “vaza” sons facilmente para o ambiente. Felizmente, o isolamento sonoro apresentado é competente, o que diminui a necessidade de colocar o volume no máximo para conseguir aproveitar games e outros conteúdos sem ser incomodado.

Vale a pena?

O G4ME ONE é um produto direcionado a quem procura por uma solução que vá além de um “headset para games”. Apresentando uma reprodução de áudio equilibrada, o dispositivo permite jogar, escutar músicas e assistir a filmes ou seriados de forma competente, embora não chegue a realmente brilhar em nenhum desses quesitos.

O destaque fica por conta do palco sonoro apresentado pelo produto, que se mostra superior àquele visto em produtos de concorrentes como a Razer e a Corsair. Mesmo apostando em um sistema estéreo, o periférico da Sennheiser é bastante eficiente em distinguir diferentes elementos que constituem o áudio de uma produção e em indicar a posição de cada um deles no espaço.

No entanto, o produto reproduz tons graves de forma bastante apagada, característica que é pouco adequada a um acessório feito “para gamers”. Em outra palavras, o periférico não é a opção mais recomendada para quem realmente quer “sentir” elementos como tiros e explosões.

Por fim, também não ajuda muito o fato de a disponibilidade do G4ME ONE no Brasil ser um tanto limitada, sendo difícil encontrá-lo até mesmo pela internet. O investimento necessário para levar o headset para casa também é bastante proibitivo (R$ 1.300, em média), sendo que pelo mesmo valor é possível encontrar produtos da categoria que fornecem experiências mais completas.

Cupons de desconto TecMundo: