A candidata à presidência dos EUA, Hillary Clinton, esteve em um comício na cidade de Orlando, no estado da Flórida, neste fim de semana e algo curioso aconteceu. Ela ficou sobre um pequeno pódio no final de um salão enquanto milhares de eleitores davam as costas a ela. A descrição dessa situação poderia soar negativa para a campanha da candidata, mas a situação era completamente oposta. Todos deram as costas para ela a fim de aparecerem em uma selfie com Clinton.

Essa imagem que você confere ficou bastante famosa no Twitter neste fim de semana porque mostrou justamente como a “cultura da selfie” impregnou o mundo e todas as faixas etárias. Até pouco tempo atrás, era tida como coisa de jovem. Essa foto não é a selfie em si, mas mostra que as pessoas estão dispostas a virar as costas para as “celebridades” para conseguirem uma boa selfie. Antigamente, isso seria encarado como falta de educação, mas hoje todo mundo acha incrível.

Não estamos julgando esse comportamento, mas sim chamando atenção para como a era das redes sociais, e da internet como um todo, mudou nosso comportamento. Quem nunca tirou uma selfie com os amigos ou não estaria disposto a fazer isso com uma pessoa famosa da qual gosta?

Esse tweet já tem quase 20 mil curtidas e mais de 18 retwittadas. Além dessa “superselfie”, Clinton tem feito autorretratos com pessoas famosas, como Kim Kardashian e Kanye West, e um monte de eleitores mais anônimos.

Cupons de desconto TecMundo: