Um turista alemão morreu ontem (30) ao tentar tirar uma selfie à beira de um precipício na Cidade Perdida dos Incas, Machu Picchu, no Peru. Segundo testemunhas, o homem ultrapassou a barreira de segurança, ignorando a sinalização, e foi em direção à área proibida para fazer uma selfie enquanto dava um salto. Quando ele aterrissou, se desequilibrou e caiu.

Ele se chamava Oliver Park, tinha 51 anos, e seu corpo só foi encontrado horas depois pelas autoridades, mas ele já estava sem vida. Ainda não há informações sobre como a família levará o turista novamente para a Alemanha, mas os socorristas transportaram o corpo para um necrotério em Cusco.

Turista se chamava Oliver Park e tinha a 51 anos

Essa não é a primeira vez que pessoas morrem ao tentarem fazer a selfie perfeita

Infelizmente, essa não é a primeira vez que pessoas morrem ao tentarem fazer a “selfie perfeita”. No mês passado, sete jovens se afogaram ao tentarem fazer uma foto dentro do rio Ganges, na Índia. Em dezembro do ano passado, dois adolescentes foram atropelados por um caminhão na Turquia ao tentarem fazer uma selfie no meio de uma estrada com um avião que pousava no aeroporto ao lado.

Ocorrência similares já foram registradas nos EUA, quando um jovem fez uma selfie com uma arma e acabou atirando na própria garganta, e no Brasil, quando um grupo se envolveu em um acidente de carro enquanto usava o Snapchat.

Cupons de desconto TecMundo: