Muita gente já morreu tentando tirar selfies, mas em alguns casos quem acaba levando a pior é o objeto enquadrado junto com o fotógrafo. A estação de trem do Rossio, em Lisboa, amanheceu diferente na última semana por conta disso. No local, faltava uma estátua do rei português Dom Sebastião, que caiu de seu pedestal original e ficou em pedaços.

Acontece que um homem de 24 anos subiu no suporte da estátua perto da meia-noite para tirar uma selfie mais "intimista" com D. Sebastião e acabou derrubando a escultura. O desastrado não se feriu e ainda tentou fugir correndo, mas vários comerciantes e pedestres testemunharam o ocorrido e chamaram as autoridades. Ele foi detido pela polícia enquanto tentava escapar.

A estátua tinha 126 anos e ficou irreconhecível, em pedaços. O caso foi levado ao Ministério Público local por se tratar de um objeto de enorme valor histórico e um monumento protegido. Ele deve passar por um longo processo de recuperação, mas dificilmente manterá a aparência original. Os responsáveis pela manutenção do local ainda afirmaram que não vão fixar a estátua com parafusos ou algo parecido, já que algo parecido nunca havia acontecido em mais de um século.

A estátua foi inaugurada em 1890 e possui valor inestimável, mas um preço terá que ser fixado para a queixa ser registrada contra o jovem desastrado.

Na história de Portugal, o rei Sebastião assumiu o trono aos 14 anos, em 1557, e foi tido como desaparecido após uma batalha na região do Marrocos 21 anos depois. O "culto" ao monarca permanece até hoje, já que as lendas da época diziam que ele retornaria triufante para ajudar o país em tempos difíceis. Várias teorias foram formuladas por historiadores sobre o sumiço do rapaz (ele teria fugido ao fim da batalha, tomado como prisioneiro ou de fato morrido em combate), mas nenhuma é levada em conta até hoje como oficial.

Qual foi a selfie mais legal que você já viu? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: