Febre das selfies fez cirurgias plásticas de lábio virarem moda em 2015

1 min de leitura
Imagem de: Febre das selfies fez cirurgias plásticas de lábio virarem moda em 2015
Fonte: The Retired Debutante
Avatar do autor

Dados recentemente divulgados pela Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos (ASPS, na sigla em inglês) indicam que o ano passado foi marcado por um número recorde de intervenções para aumento de lábios entre os pacientes. De acordo com o relatório, os médicos consultados relatam que o principal motivo para o desejo por bocas mais “carnudas” é a vontade de ter uma aparência melhor na hora de tirar selfies.

O procedimento se tornou o segundo de maior crescimento entre os realizados pelos pacientes norte-americanos desde 2000. A escolha pelo aumento labial vem sendo feita tanto por homens quanto por mulheres, com um total de 27.449 cirurgias do tipo realizadas somente no ano passado – atingindo a média de um par de lábios preenchidos a cada 19 minutos somente nos Estados Unidos.

“Nós vivemos na era da selfie e como vemos imagens de nós mesmo de forma quase constante nas redes sociais, estamos muito mais conscientes da aparência das nossas bocas”, afirma David Song, médico e presidente da ASPS. As estatísticas mostram que as cirurgias plásticas em geral sofreram uma queda de 10% desde o ano 2000, mas procedimentos específicos, como a elevação da parte superior do braço, quadruplicaram no mesmo período.

Nos EUA, a média de lábios preenchidos em 2015 foi de um a cada 19 minutos

Mesmo com a explosão dos implantes labiais, a cirurgia plástica mais realizada dos EUA em 2015 continuou sendo a de implante nos seios: no total, 279.143 acharam que era hora de colocar silicone.

Você já fez ou gostaria de fazer alguma cirurgia plástica? Por quê? Comente no Fórum do TecMundo

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Febre das selfies fez cirurgias plásticas de lábio virarem moda em 2015