Cadeado com leitor de digitais dispensa totalmente o uso de chaves

1 min de leitura
Imagem de: Cadeado com leitor de digitais dispensa totalmente o uso de chaves
Avatar do autor

Já foi a época em que sensores capazes de ler impressões digitais eram uma novidade. Incorporados em máquinas diversas do dia a dia e até em smartphones, os leitores biométricos fazem parte da rotina de milhares de pessoas.

Apesar disso, há sempre espaço para projetos interessantes que utilizam essa tecnologia, e o TAPP é um ótimo exemplo disso. Hospedado no site de financiamento coletivo INDIEGOGO, o cadeado tecnológico TappLock utiliza um sensor de digitais como mecanismo de abertura, deixando completamente de lado a possibilidade de que uma chave física ou uma combinação numérica mecânica seja utilizada.

A empresa canadense por trás da iniciativa desenvolveu dois modelos: o TappLock e o TappLock Lite. O primeiro cadeado é maior e possui uma bateria capaz de aguentar três longos anos. Além disso, ele também pode servir como power bank para um smartphone. A edição Lite, por sua vez, é menor e oferece uma autonomia de apenas seis meses.

Ambos os cadeados vêm equipados com o confiável sensor de digitais FPC 1020, que é usado em smartphones. Ainda, os aparelhos são à prova d'água e contam com um alarme embutido que é acionado em caso de tentativa de violação. Outra característica legal é que os cadeados devem ser pareados a um celular, facilitando o processo de configuração. Essa ligação também permite que o telefone receba notificações indicando que a bateria do TappLock está se esgotando.

O modelo mais em conta, o TappLock Lite, pode ser adquirido no INDIEGOGO por apenas US$ 29 (R$ 116). O modelo-padrão, por sua vez, sai por US$ 49 (R$ 200). No momento da publicação desta notícia, a campanha já tinha superado em 14% a sua meta de arrecadação, o que significa que todos os compradores devem receber seus pedidos.

Você possui algum gadget de segurança com leitor biométrico? Comente no Fórum do TecMundo

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Cadeado com leitor de digitais dispensa totalmente o uso de chaves