Por mais que câmeras de vigilância WiFi sejam boas, ainda há problemas quando o tema é segurança. Aparelhos como a Dropcam só são efetivos enquanto você tiver energia ou internet estável no ambiente em que foram colocados, pois dependem totalmente da conexão para transmitir as imagens capturadas.

Com a ideia de cobrir esse potencial problema, a Panasonic anunciou a Nubo, um dispositivo portátil que captura vídeos e os transmite por conexão WiFi e 4G, dispensando a necessidade da internet fixa. Todas as mídias são enviadas diretamente para servidores seguros da Panasonic, que podem ser acessados por um aplicativo a qualquer momento.

Ótimas especificações para uma câmera portátil

A Nubo consegue gravar e transmitir vídeos em 1080p quando conectada na rede WiFi e 720p quando estiver utilizando as bandas 3G ou 4G. Caso a conexão esteja ruim e só exista a opção 2G, a câmera não deixa de funcionar e ainda é capaz de tirar fotos.

Além da boa qualidade de imagem, há outros aspectos satisfatórios, como a lente com angulação de 140 graus, a tecnologia IR Illumination – que permite enxergar elementos a até 10 metros do dispositivo na escuridão total –, o sensor de movimentos e o microfone e alto-falante embutido.

Para economizar energia, o sensor de movimentos pode ser programado para registrar vídeos de 5, 10, 30 ou 60 segundos. Todo movimento detectado é alertado ao usuário através do aplicativo da Panasonic, que pode visualizar a gravação no mesmo instante para assegurar que tudo está sob controle.

Caso tenha algo errado, há a possibilidade de enviar uma mensagem pela câmera por conta de seu microfone e alto-falante. Ou seja, você pode mandar gravações de voz para um possível invasor ou uma bronca para um cachorro curioso. A Nubo ainda possui o certificado IP 66, garantindo que o aparelho possa ser utilizado em áreas externas, independente das condições climáticas.

Haja banda de dados para tantos vídeos

A Panasonic pensou em uma maneira de evitar que vídeos grandes acabem rapidamente com a cota de dados móveis, através de uma parceria com a Vodafone na Europa. A empresa ainda não anunciou o preço, mas há rumores de que o plano mais básico, que possui 250 notificações de alarmes e armazenamento de dados em nuvem por até 7 dias, não passará dos US$ 10 dólares.

Graças a essa parceria com a Vodafone, o Reino Unido e a Holanda receberão a câmera primeiro, em algum momento do quarto quadrimestre de 2015, enquanto os americanos terão de esperar até o ano que vem para conferir a Nobu, que deve chegar por US$ 249.

Ainda não há informações de como a conexão 4G funciona fora da Europa, já que a Panasonic já confirmou que não há um slot para cartões SIM.

Cupons de desconto TecMundo: