De acordo com uma pesquisa feita pela Trend Micro, divulgada pela empresa recentemente, aproximadamente 23% dos mais de 11 milhões de aplicativos existentes para Android possuem alguma ameaça para os adeptos do sistema. Além disso, 13% dos softwares analisados foram identificados como malwares.

Assim, somente 64% dos apps disponíveis para a plataforma da Google seriam completamente seguros. Em outras palavras, de cada 10 programas do SO do robozinho verde 4 podem oferecer algum tipo de risco para a integridade das informações de quem os instala em seus dispositivos. Contudo, a companhia especializada em segurança digital salienta que a grande maioria desses programas maliciosos foi encontrada em lojas de terceiros, ou seja, fora da Google Play.

O relatório da Trend Micro ainda sugere um grande aumento das ameaças nos últimos meses. Segundo o levantamento da empresa no mês de outubro, dos 532 mil novos aplicativos verificados, 29% eram malwares e 30% eram adwares — sendo apenas 41% totalmente confiáveis.

O estudo ainda detectou um aumento considerável no número de downloads efetuados de lojas não oficiais, chegando a ultrapassar as quantidades registradas na Google Play. Enquanto nesse mês foram baixados 4,17 milhões de apps de fontes de terceiros, a loja da Google obteve meros 2,58 milhões de downloads.

Conforme relatado pela Trend Micro, esse aumento de malwares e potenciais ameaças tem dois motivos: a popularização cada vez maior do Android e a proximidade do fim de ano e do Natal — quando os cibercriminosos lançam todo tipo de software malicioso para tentar roubar informações de cartões de crédito e contas online dos consumidores.

Cupons de desconto TecMundo: