Alguns clientes do Banco do Brasil passaram por um susto nada agradável na última semana. Um arquivo que fazia parte do módulo de segurança do aplicativo online do banco — aquele que é acessado pelos navegadores nos computadores — foi reconhecido como um malware por diversos softwares antivírus. Isso fez com que alertas sobre o sistema fossem emitidos e muitos clientes reclamaram em sites como o ReclameAqui.

A equipe do Banco do Brasil afirma que qualquer antivírus é capaz de solucionar o problema, mas que apesar dos alertas o arquivo não causou nenhum dano aos usuários — nem por roubo de dados e nem por vazamentos de senhas. Também foi informado que a maior parte dos casos ocorreu em computadores que ainda utilizam o sistema operacional Windows XP, que não possui mais suporte da Microsoft.

Como mostra o G1, o BB informa que os clientes que se sentirem afetados devem utilizar qualquer software antivírus ou então entrarem em contato telefônico com o suporte técnico do banco por meio do telefone “0800 729 0200”. Confira abaixo a nota oficial que o Banco do Brasil enviou ao site G1.

Nota do Banco do Brasil

O arquivo com inconsistências provocou, principalmente para usuários do Windows XP, comportamento similar ao de um vírus no computador dos clientes, porém sem capacidade destrutiva de arquivos ou roubo de credenciais. O arquivo com inconsistências foi identificado como ameaça pelos antivírus justamente pelo comportamento anômalo, e pode ser removido normalmente no processo de "limpeza".

Toda nova versão do módulo de segurança é testada antes de ser disponibilizada. Porém, as muitas possibilidades de configurações das máquinas dos clientes podem, eventualmente, gerar ocorrências pontuais de situações como as descritas no Reclame Aqui. Quando isso ocorre, o BB faz alocação de equipes especializadas e atua na pronta regularização. A versão do módulo de segurança foi corrigida imediatamente após a detecção da ocorrência.

Cupons de desconto TecMundo: