O Kaspersky, um dos antivírus mais poderosos do mercado, teria detectado falsos aplicativos de sua marca circulando pela loja virtual do Windows Phone. De acordo com Victor Chebyshev, que atua nos laboratórios da companhia, os supostos apps falsos teriam surgido com o nome “Kaspersky Mobile” e estariam custando US$ 4.

Em entrevista ao jornal russo Vedomosti, Victor afirmou que os apps não contêm “códigos maliciosos” e foram baixados cerca de 50 vezes apenas (informação que o pesquisador teria conseguido graças ao monitoramento da própria Kaspersky), mas o problema é mais um típico caso emblemático que tem acometido a Windows Phone Store: apps sem legitimidade.

Nesse caso, o aplicativo alegava fazer o serviço de proteção que um antivírus faz, mas nada disso com o aval da Kaspersky. A grande questão jaz na vulnerabilidade da Windows Phone Store em abrigar tais apps. Agora que os aplicativos são cada vez mais poderosos com o Windows Phone 8.1, a coisa pode ficar perigosa especialmente quando o assunto é compartilhamento de arquivos pessoais, algo que o OneDrive faz ao sincronizar dados com o desktop.

Um representante da Microsoft se pronunciou sobre o caso e afirmou que a companhia permite que os desenvolvedores rapidamente entrem em contato com o suporte e que as reclamações são “prontamente consideradas”, havendo posterior remoção do suposto aplicativo falso se necessário.

Cupons de desconto TecMundo: